Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Clindoxyl

Clindoxyl - Bula do remédio

Clindoxyl com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Clindoxyl têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Clindoxyl devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Stiefel

Apresentação de Clindoxyl

Clindoxyl gel é apres. em bisn. c/ 30 g

Clindoxyl - Indicações

Clindoxyl gel é indicado no tratamento tópico da acne vulgar leve a moderada.

Contra-indicações de Clindoxyl

Clindoxyl gel é contra-indicado em indivíduos hipersensíveis à clindamicina ou à lincomicina, ao peróxido de benzoíla, ou a qualquer componente da fórmula. A relação risco/benefício deve ser avaliada quando o indivíduo apresentar antecedentes de enterite regional, colite ulcerativa ou colite associada a antibiótico.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Clindoxyl

Em estudos clínicos controlados com 172 pacientes, as reações adversas apresentadas relacionadas à administração de Clindoxyl gel foram, principalmente, locais como: descamação (16,3%), eritema (7,6%), ressecamento (7,0%), queimação (2,3%) e prurido (1,7%). Parestesia leve e piora da acne foram relatadas em um paciente cada. A clindamicina administrada por via oral ou parenteral tem sido associada à colite severa, que pode levar à morte. Casos de diarréia, diarréia sanguinolenta e colite (incluindo, raramente, colite pseudomembranosa) não tem sido freqüentemente relatadas como reações adversas em pacientes tratados com clindamicina tópica. Dor abdominal, distúrbios gastrintestinais e foliculite gram-negativa também foram relatados em associação ao uso tópico de clindamicina.

Clindoxyl - Posologia

Lavar as áreas afetadas com sabonete suave e água morna, enxaguar bem e secar. Aplicar uma camada fina de Clindoxyl gel sobre toda a área afetada, não apenas sobre as lesões. Espalhar o produto com cuidado para que não entre em contato com olhos, narinas ou boca. Aplicar o produto à noite, antes de se deitar, ou conforme orientação médica.

Clindoxyl - Informações

O fosfato de clindamicina é inativo in vitro, mas é rapidamente hidrolisado in vivo pelas fosfatases teciduais para clindamicina base ativa. Como outros antibióticos macrolídeos, a clindamicina inibe a síntese protéica bacteriana, ligando-se à subunidade 50S do ribossoma. A clindamicina in vitro inibe o Propionibacterium acnes. Tem sido demonstrada a possibilidade de resistência bacteriana com o uso de antibióticos macrolídeos, como a clindamicina, especialmente quando usados isoladamente, e resistência cruzada entre macrolídeos. Após aplicações tópicas múltiplas de fosfato de clindamicina, em concentrações equivalentes a 10 mg/ml, em solução de álcool isopropílico e água, níveis muito baixos de clindamicina estão presentes no soro (0-3 ng/ml), e menos de 0,2% da dose é recuperado na urina como clindamicina. A eficácia do peróxido de benzoíla no tratamento da acne vulgar é primeiramente atribuída a sua atividade antibacteriana, especialmente em relação ao Propionibacterium acnes, o microorganismo predominante nos folículos sebáceos. As moléculas de oxigênio dos radicais livres presentes no peróxido de benzoíla são altamente reativas com compostos orgânicos, podendo reagir com a parede da célula bacteriana, eliminando o microorganismo. Essa ação, combinada com um leve efeito queratolítico, é responsável pelo seu benefício no tratamento da acne.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal