Feed

Já é assinante?

Entrar

Seretide Diskus

Seretide Diskus - Bula do remédio

Seretide Diskus com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Seretide Diskus têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Seretide Diskus devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Gsk

Apresentação de Seretide Diskus

Seretide Diskus 50/100, c/ 60 ou 28 doses Seretide Diskus 50/250, c/ 60 ou 28 doses Seretide Diskus 50/500, c/ 60 doses

Seretide Diskus - Indicações

Seretide Diskus é indicado no tratamento regular das doenças obstrutivas reversíveis das vias respiratórias, incluindo asma, em adultos e crianças, quando a combinação broncodilatador e corticosteróide por via inalatória for apropriada: - Pacientes em tratamento de manutenção com beta-agonistas de longa duração e corticosteróides por via inalatória. • Pacientes que estão em terapia sintomática com corticosteróide por via inalatória. • Pacientes em terapia regular com broncodilatadores por via inalatória.

Contra-indicações de Seretide Diskus

O uso de Seretide Diskus é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Seretide Diskus

Como SERETIDE contém propionato de fluticasona e salmeterol, o tipo e a intensidade das reações adversas relacionadas a cada fármaco individualmente devem ser levadas em consideração e estão abaixo relacionadas. Não existem evidências de reações adversas adicionais relacionadas à associação dos dois fármacos. Xinafoato de salmeterol: Reações adversas relacionadas ao tratamento com agonistas beta2, tais como tremor, enxaqueca e palpitações. Estes efeitos são transitórios e tendem a minimizar ao longo do tratamento. Arritmias cardíacas, incluindo fibrilação atrial, taquicardia supraventricular e extrasístole podem ocorrer em alguns pacientes. Existem relatos de artralgia, cãibras e reações de hipersensibilidade, incluindo rash, edema e angioedema. Propionato de fluticasona: Em alguns pacientes, podem ocorrer rouquidão e candidíase na boca e na garganta. O desconforto ocasionado pode ser prevenido fazendo a lavagem da boca com água, após o uso de Seretide Diskus. A candidíase sintomática pode ser tratada com terapia anti-fúngica tópica, sem que haja necessidade de descontinuar o uso de Seretide Diskus. Reações de hipersensibilidade cutânea foram relatadas. Como em outras terapias inalatórias, pode ocorrer broncoespasmo paradoxal, com conseqüente aumento imediato na dificuldade de respirar, após a dose. Este quadro deve ser imediatamente revertido com o uso de um broncodilatador de ação rápida, por via inalatória. Nestes casos, o uso de Seretide Diskus deve ser imediatamente interrompido e, caso seja necessária, uma terapia alternativa deve ser instituída. Reações de hipersensibilidade cutânea foram relatadas. Salmeterol e propionato de fluticasona, em associação: As seguintes reações adversas foram relatadas nos ensaios clínicos: rouquidão/disfonia, irritação na garganta, enxaqueca, candidíase na boca e na garganta e palpitações.

Seretide Diskus - Posologia

Seretide Diskus só dever ser administrado por via inalatória oral. Os pacientes devem ser alertados quanto à natureza profilática da terapia com o Seretide Diskus, e que este deve ser utilizado regularmente, mesmo quando estejam assintomáticos. A dose pode ser ajustada até que se atinja o controle, ou reduzida à dose efetiva mínima, de acordo com a resposta individual de cada paciente. Os pacientes devem ser orientados quanto ao fato de que a dose prescrita é a ideal para seu tratamento e que só deve ser modificada pelo médico. Não existe a necessidade de ajuste de dose, no tratamento de portadores de insuficiências hepática ou renal. Doses recomendadas: Adultos e adolescentes acima de 12 anos: Uma inalação de 50/100, 50/250 ou 50/500 mcg de salmeterol/propionato de fluticasona, duas vezes ao dia. Crianças acima de 4 anos: Uma inalação de 50/100 mcg de salmeterol/propionato de fluticasona, duas vezes ao dia. PACIENTES IDOSOS: Não existe a necessidade de ajuste da dose em pacientes idosos.

Seretide Diskus - Informações

Seretide Diskus é uma associação de xinafoato de salmeterol e propionato de fluticasona, os quais possuem diferentes mecanismos de ação. O xinafoato de salmeterol protege dos sintomas e o propionato de fluticasona melhora a função pulmonar e previne exacerbações. Seretide Diskus oferece comodidade posológica a pacientes em tratamento com beta-agonistas e corticosteróides por via inalatória. O mecanismo de ação de cada droga é abaixo descrito: Xinafoato de salmeterol: O xinafoato de salmeterol é um agonista seletivo dos receptores beta2-adrenérgicos de longa duração. Esta propriedade farmacológica do salmeterol proporciona uma proteção mais efetiva contra a broncoconstricção induzida pela histamina do que a obtida com o uso dos agonistas beta2-adrenérgicos de curta duração convencionais, e produz uma broncodilatação de longa duração (pelo menos 12 horas). Em testes in vitro, observou-se que o xinafoato de salmeterol é um inibidor potente e de ação duradoura da liberação de mediadores derivados do mastócito do pulmão humano, tais como: a histamina, leucotrienos e prostaglandinas D2. No ser humano, o xinafoato de salmeteroll inibe a resposta da fase imediata e tardia ao alergeno inalado e, após uma única dose, inibe a hiperrreatividade brônquica. Estes dados indicam que o xinafoato de salmeterol possui um atividade adicional não-broncodilatadora, cuja significância clínica não está clara. Este mecanismo difere da atividade antiinflamatória dos corticosteróides. Propionato de fluticasona: O propionato de fluticasona, quando inalado nas doses recomendadas, possui ação antiinflamatória pulmonar potente, que resulta na redução dos sintomas e da exacerbação da asma, sem a ocorrência dos efeitos adversos, observados quando os corticosteróides são administrados por via sistêmica.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal