FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Redução intensiva do colesterol em pacientes coronarianos

Autor:

Rodrigo Díaz Olmos

Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de são Paulo (FMUSP). Diretor da Divisão de Clínica Médica do Hospital Universitário da USP. Docente da FMUSP.

Última revisão: 24/11/2008

Comentários de assinantes: 0

Redução intensiva do colesterol em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio

 

Redução intensiva de lipídios com atorvastatina para prevenção secundária em pacientes após cirurgia de revascularização do miocárdio1.

Intensive Lipid-Lowering With Atorvastatin for Secondary Prevention in Patients After Coronary Artery Bypass Surgery. J Am Coll Cardiol 2008;51:1938–43) [Link para o abstract]

 

Fator de impacto da revista (Journal of the American College of Cardiology): 11,054

 

Contexto Clínico

            Vários estudos têm demonstrado que uma redução mais intensiva do colesterol em pacientes com doença coronariana está associada a uma redução de eventos coronarianos. Este fato já foi demonstrado tanto nas síndromes coronarianas agudas como na doença coronariana estável. Sabe-se que há recidiva de isquemia em 10 a 15% dos pacientes dentro dos primeiros 5 anos após cirurgia de revascularização do miocárdio. O presente estudo avaliou a redução intensiva do colesterol num subgrupo de doentes com insuficiência coronária crônica, a saber, pacientes previamente submetidos a revascularização miocárdica.

 

O Estudo

            O estudo foi uma análise post-hoc de um subgrupo de pacientes do estudo original2 que tinha randomizado 10.001 pacientes com doença coronária estável documentada para atorvastatina 80 mg/dia ou 10mg/dia, com um tempo médio de acompanhamento de 4,9 anos. Deste total, 4.654 participantes já tinham se submetido a revascularização do miocárdio prévia. O desfecho primário avaliado foi a ocorrência de um primeiro evento cardiovascular maior (morte cardiovascular, infarto agudo do miocárdio não fatal, parada cardíaca reanimada ou AVC).

 

Resultados

            Um primeiro evento cardiovascular maior ocorreu 11,4% dos pacientes com revascularização prévia e 8,5% dos pacientes sem revascularização. Nos pacientes revascularizados, a média do LDL-colesterol ao final do estudo foi de 79 mg/dl no grupo de 80 mg/dia de atorvastatina e 101mg/dl no grupo de 10 mg/dia de atorvastatina. O desfecho primário ocorreu em 9,7% dos participantes revascularizados no grupo de 80 mg/dia e em 13,0% no grupo de 10 mg/dia de atorvastatina (RR:0,73 IC95% 0,62 – 0,87; p=0,0004). Nova revascularização (cirúrgica ou por intervenção percutânea) durante o seguimento foi realizada em 11,3% dos pacientes previamente revascularizados no grupo de 80 mg/dia de atorvastatina e 15,9% no grupo de 10 mg/dia de atorvastatina (RR:0,70 IC95% 0,60 – 0,82; p<0,0001). Os autores concluem que uma abordagem intensiva de redução do colesterol (para uma média de 79mg/dl de LDL-colesterol) usando 80 mg/dia de atorvastatina, em pacientes com revascularização miocárdica prévia, reduz a incidência de eventos cardiovasculares maiores em 27% e a necessidade de nova revascularização (cirúrgica ou por intervenção percutânea) em 30%.

 

Aplicação para a Prática Clínica

            Embora esta tenha sido uma análise post-hoc não pré-especificada no delineamento do estudo original, a redução relativa do risco de evento cardiovascular maior foi de 27% com a abordagem de redução intensiva do LDL-colesterol. Os resultados do estudo original que avaliou a abordagem de redução intensiva em pacientes com insuficiência coronariana crônica estável também apresentaram redução de risco semelhante.  Os autores argumentam que este resultado é suficiente para indicar esta abordagem intensiva com 80 mg/dia de atorvastatina em pacientes após cirurgia de revascularização do miocárdio. Entretanto cabe lembrar que o estudo foi financiado pela Pfizer e todos os autores eram consultores e palestrantes de inúmeras indústrias farmacêuticas, particularmente da Pfizer, o que pode ser visto como uma fonte potencial de viés.

 

Bibliografia

1.Shah SJ, Waters DD, Barter P, et al. Intensive Lipid-Lowering With Atorvastatin for Secondary Prevention in Patients After Coronary Artery Bypass Surgery. J Am Coll Cardiol 2008;51:1938–43). [Link para o abstract]

2. LaRosa JC, Grundy SM, Waters DD, et al. Intensive lipid-lowering with atorvastatin in patients with stable coronary disease. N Engl J Med 2005;352:1425–35. [Link livre para o Artigo Original]

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal