FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Diretriz – Prevenção de Infecção Urinária por Sonda Vesical

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 11/06/2014

Comentários de assinantes: 0

Especialidades: Medicina Hospitalar / Infectologia / Segurança do Paciente

 

Contexto Clínico

         Esta  é uma atualização das últimas diretrizes publicadas em 2008 sobre a prevenção de infecções do trato urinário associadas ao uso de sondagem vesical. Foi realizada uma extensa revisão de literatura a fim de  atualizar o documento. São sugeridas práticas básicas que devem ser implementadas por todo hospital, abordagens especiais que poderiam ser consideradas para a implementação, assim como aquilo que não deve ser feito de rotina.

 

Principais Recomendações

Os profissionais da saúde da instituição devem ser treinados sobre as indicações apropriadas para sondas vesicais e sobre os procedimentos para  inserção, cuidados e manutenção de tais dispositivos;

Sondas vesicais devem ser devidamente posicionados em relação ao paciente e sua cama, e o fluxo de urina deve ser mantido desobstruído;

Para hospitais cuja população tenha taxas inaceitavelmente altas de infecções urinárias por sonda vesical, um programa para toda a organização deve ser implementado para identificação e remoção de sondas vesicais que não sejam mais necessárias; deve ser considerado o uso de lembretes eletrônicos ou outros tipos de lembrete;

Um protocolo deve ser desenvolvido para o gerenciamento de retenção urinária pós-operatória;

Sondas vesicais impregnadas com antimicrobianos ou antissépticos não devem ser utilizadas de rotina;

Não deve-se administrar antimicrobianos sistêmicos profiláticos como rotina.

 

Bibliografia

Lo E et al. Strategies to prevent catheter-associated urinary tract infections in acute care hospitals: 2014 update. Infect Control Hosp Epidemiol 2014 May; 35:464. (link para o artigo).

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal