FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Custo de Infecções de Sítio Cirúrgico

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 06/08/2014

Comentários de assinantes: 0

Especialidades: Cirurgia Geral/Medicina Hospitalar/Infectologia /Segurança do Paciente

 

Contexto Clínico

        As infecções de sítio cirúrgico (ISC) são complicações associadas a aumento de custo, morbidade e mortalidade, e são potencialmente evitáveis. Atualmente, há uma grande ênfase em melhorar a qualidade dos serviços de saúde, sendo assim, entender mais detalhes sobre algum tipo de evento adverso é fundamental.

Usando dados do programa de qualidade do hospital de Veteranos dos EUA, investigadores realizaram uma análise retrospectiva sobre custos associados a ISC.

 

O Estudo

      Este é um estudo observacional do tipo coorte retrospectiva realizado em 129 hospitais do “Veterans Affairs” nos EUA. Modelos lineares foram usados para avaliar incrementos de custos associados com ISC, controlando para fatores de risco dos pacientes, fatores de risco das cirurgias e nível do hospital. Os custos da internação índice e de subsequentes reinternações em 30 dias foram incluídos. Uma análise adicional foi feita para verificar potenciais pontos de economia de gastos com programas de qualidade para reduzir ISC.

        Em uma amostra de 54.233 pacientes que foram submetidos a cirurgia, 1756 (3,2%) sofreram uma ISC. No total, 0,8% da coorte teve uma ISC profunda, e 2,4% teve uma ISC superficial. A média de custos não ajustada foi de US$ 31.580, e US$ 52.620 para paciente sem e com ISC, respectivamente. Na análise ajustada de risco os custos foram 1,43 vezes maiores nos pacientes que sofreram ISC (IC95%: 1,34-1,52; Diferença de US$ 11.876). ISC profundas deram gastos 1,93 vezes maiores (IC95%: 1,71-2,18; diferença de US$ 25.721) e ISC superficiais deram custos 1,25 vezes maiores (IC95%: 1,17-1,35; diferença de US$ 7.003).

        Entre as especialidades de maior volume cirúrgico, o maior custo atribuível a ISC foi de US$ 23.755 entre pacientes submetidos a neurocirurgia, seguidos pelos pacientes submetidos a cirurgia ortopédica, cirurgia geral, cirurgia vascular periférica e cirurgia urológica. Se os hospitais no percentil 10 (isto é, os piores hospitais) reduzissem as taxas de ISC para que ficassem semelhante às taxas dos hospitais no percentil 50, os custos cairiam US$ 6,7 milhões por ano.

 

Aplicações Práticas

        Eventos adversos são foco de atenção na área hospitalar hoje em dia. Eventos adversos cirúrgicos estão entre os mais comuns e têm grande impacto clínico, além de gerar custos desnecessários.

        Este estudo comprova os altos custos de infecções de sítio cirúrgico, tanto as profundas quanto as superficiais, e sugere que programas para minimizar este tipo de evento são fundamentais para se atingir melhores resultados assistenciais e menores custos.

 

Bibliografia

Schweizer ML et al. Costs associated with surgical site infections in Veterans Affairs hospitals. JAMA 2014 May 21; [e-pub ahead of print]. (link para o artigo).

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal