FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Padrão de Uso de Filtro Solar

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 11/09/2015

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

Protetor solar é uma forma comum de proteção solar, o que é uma atitude fundamental quando se pensa na prevenção de diversas formas de câncer de pele. Mesmo sendo uma prática muito divulgada mesmo fora dos consultórios médicos, pouco se sabe sobre os padrões de uso na população em geral.

 

O Estudo

Para resolver essa questão, buscou-se avaliar os padrões de uso de protetor solar no rosto e na pele exposta entre os adultos norte-americanos.

Usando dados transversais a partir do levantamento de consumo no verão de 2013 (N = 4033), calculou-se estatística descritiva e taxas de risco ajustadas para identificar características associadas com o uso de protetor solar regularmente (sempre/na maioria das vezes quando for em um dia quente e ensolarado por maior ou igual a 1 hora).

Poucos adultos usaram regularmente protetor solar no rosto (homens: 18,1%; mulheres: 42,6%), ou em pele exposta (homens: 19,9%; mulheres: 34,4%), ou no rosto concomitante a outras partes expostas da pele (homens: 14,3%; mulheres: 29,9%). O uso regular foi associada com ter a pele sensível ao sol, uma renda familiar anual maior ou igual a 60 mil dólares americanos, e realização de atividade aeróbia motivando o uso (P <0,05 para todos). Quase 40% dos usuários tinham a certeza que o seu protetor solar fornecia proteção de largo espectro.

 

Aplicações Práticas

 Por esse estudo norte-americano realizado durante o verão de 2013, podemos observar que o uso protetor solar é baixo, especialmente entre certos grupos demográficos. As mulheres tendem a usar mais protetor, tanto no rosto quanto em outras partes de pele exposta. Esses achados podem dar ideias de como gerar intervenções para melhorar a adesão ao uso de protetor solar, visando a prevenção de doenças de pele, em especial os tumores.

 

Bibliografia

Holman DM et al. Patterns of sunscreen use on the face and other exposed skin among US adults. J Am Acad Dermatol 2015 Jul; 73:83.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal