FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Diretriz de Imagem e Transfusão em Trauma

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 22/08/2016

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

O trauma é um dos principais contribuintes para a carga global de doenças, estando associado a uma forte possibilidade de morte ou invalidez. Os cuidados em trauma são um campo em desenvolvimento e investigação. A seguir, um resumo das mais recentes recomendações do Instituto Nacional de Saúde e Excelência em Assistência do Reino Unido (NICE) relativo à avaliação e gestão inicial de grandes traumas. Aqui se apresentam dois temas centrais das orientações: a avaliação radiológica de um paciente com trauma grave e o tratamento de pacientes que estão sangrando ativamente.

 

As Recomendações

- Usar tomografia de forma precoce liberal em adultos com grandes traumas, mesmo omitindo radiografias simples e ultrassonografia estilo FAST em favor da tomografia de corpo inteiro;

- Para as crianças < 16 anos de idade, não usar tomografia computadorizada (TC) como exame de imagem de primeira linha para trauma de tórax;

- Evitar cristaloide ou coloide em pacientes com suspeita de grandes hemorragias. Usar transfusão de sangue no lugar destas medidas;

- Exceto nos casos em que a lesão cerebral traumática é a mais importante, usar uma estratégia de transfusão mais restritiva (titulação para atingir uma pressão arterial média de 50 mmHg) até que o sangramento seja controlado;

- Usar protocolos com relação fixa de transfusão (concentrado de hemácias e plasma em proporção de 1:1), até que os resultados dos testes de coagulação laboratoriais estejam disponíveis;

- Usar ácido tranexâmico imediatamente quando há suspeita de hemorragia grave;

- Em doentes com hemorragia pélvica arterial, usar técnicas de radiologia intervencionista em vez de cirurgias abertas.

 

Referências

Glen J et al. Assessment and initial management of major trauma: Summary of NICE guidance. BMJ 2016 Jun 22; 353:i3051

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal