FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Segurança de Adicionar Salmeterol a Fluticasona em Crianças com Asma

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 06/02/2017

Comentários de assinantes: 0

 

Contexto Clínico

Os beta-agonistas de longa duração (LABAs) são considerados fatores de aumento do risco de morte relacionada com a asma em adultos e do risco de hospitalização por asma entre crianças. Não existem evidências de que o uso concomitante de glicocorticoides inalados com LABA atenua esses riscos. Este ensaio prospectivo avaliou a segurança do salmeterol (LABA) adicionado ao propionato de fluticasona em uma combinação de dose fixa em crianças.

 

O Estudo

Este é um estudo randomizado que, em uma proporção de 1: 1, selecionou crianças de 4 a 11 anos de idade que necessitavam de medicações diárias contra asma e tinham um histórico de exacerbações de asma no ano anterior para receber, durante 26 semanas, propionato de fluticasona mais salmeterol ou fluticasona em monoterapia. O ponto final primário de segurança foi a primeira série de eventos relacionados com a asma (morte, entubação endotraqueal ou hospitalização), avaliada em uma análise “tempo-para-evento”. O principal ponto final de eficácia foi a primeira exacerbação da asma grave que levou ao tratamento com glicocorticoides sistêmicos, avaliada em uma análise “tempo-para-evento”.

Entre os 6.208 pacientes, 27 pertencentes ao grupo da fluticasona e salmeterol e 21 ao grupo da fluticasona isolada tiveram um grave evento relacionado à asma (houve hospitalizações em todos os casos); a taxa de risco com fluticasona e salmeterol contra fluticasona em monoterapia foi de 1,28 (IC 95%, 0,73-2,27), que mostrou a não inferioridade da terapia com fluticasona e salmeterol (P = 0,006). Um total de 265 pacientes (8,5%) do grupo de fluticasona e salmeterol e 309 (10,0%) do grupo de fluticasona isolada tiveram uma exacerbação de asma grave (taxa de risco, 0,86; IC 95%, 0,73-1,01).

 

Aplicação Prática

Com base nesse estudo, voltado para asma em Pediatria, pôde-se verificar que o uso de salmeterol em uma combinação de dose fixa com fluticasona foi associado com o risco de uma série de eventos relacionados com a asma, semelhante ao risco quando ministrada a fluticasona isoladamente. Considerando esses resultados, o mais indicado é reduzir custos e utilizar apenas o corticoide de forma isolada com o intuito de diminuir eventos graves.

 

 

Bibliografia

Stempel DA et al. Safety of Adding Salmeterol to Fluticasone Propionate in Children with Asthma. N Engl J Med 2016; 375:840-849.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal