FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Comparativo de Tratamentos Para Náusea Pós-operatória

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 03/08/2017

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

Náusea e vômitos no pós-operatório (NVPO) são as complicações mais comuns após uma cirurgia, afetando mais de 30% dos pacientes. Estudos demonstram que a cirurgia laparoscópica e o aumento da duração da cirurgia são preditores independentes de maior risco. A dexametasona é um potente corticosteroide que tem sido avaliado na prevenção de NVPO em cirurgias de baixo e médio risco e demonstrou ter um benefício substancial, sendo um medicamento recomendado para pacientes com risco moderado e alto de NVPO em diretrizes e protocolos para recuperação após a cirurgia gastrintestinal. No entanto, não se sabe se é uma boa opção usá-la em cirurgia do intestino.

 

O Estudo

 

Trata-se de um ensaio clínico com dois grupos paralelos randomizados e cegos realizados em 45 hospitais do Reino Unido, e cujo objetivo foi determinar se a dexametasona pré-operatória reduz o vômito pós-operatório em pacientes submetidos à cirurgia eletiva do intestino e se ela está associada a outros benefícios mensuráveis durante a recuperação da cirurgia, incluindo um retorno mais rápido à dieta oral e à redução do tempo de permanência.

Foram incluídos 1.350 pacientes com idade igual ou superior a 18 anos submetidos à cirurgia aberta ou laparoscópica para patologia maligna ou benigna do intestino. A intervenção foi o uso de uma dose única de 8mg de dexametasona intravenosa na indução da anestesia em comparação com o tratamento padrão.

O desfecho primário avaliado foi um relato de vômitos dentro de 24 horas pelo paciente ou médico, e os desfechos secundários foram: vômitos com 72 a 120 horas relatados por paciente ou médico, uso de antieméticos e náuseas e vômitos pós-operatórios em 24, 72 e 120 horas avaliadas pelo paciente; fadiga e qualidade de vida em 120 horas ou alta e aos 30 dias, o tempo para retornar à ingestão de líquidos e alimentos, a duração da internação e eventos adversos.

Vômitos nas 24 horas após a cirurgia ocorreram em 172 (25,5%) participantes do braço de dexametasona e 223 (33,0%) participantes do tratamento padrão (número necessário para tratar [NNT] 13, IC 95%, 5 a 22; P = 0,003). Foram administrados antieméticos pós-operatórios adicionais (sob demanda) para 265 (39,3%) participantes alocados de dexametasona e 351 (51,9%) alocados em cuidados padrão (NNT 8, IC 95%, 5 a 11; P <0,001). A redução na necessidade de antieméticos permaneceu até 72 horas. Não houve aumento das complicações.

 

Aplicação Prática

 

Pode-se concluir, com base nesse ensaio clínico, que, em pacientes submetidos à cirurgia intestinal, uma dose única de 8mg de dexametasona intravenosa na indução da anestesia (além do tratamento padrão) não apresentou aumento significativo de eventos adversos e reduziu os episódios de vômitos pós-operatórios clinicamente importantes por 24 horas após cirurgia, ocorrendo também diminuição na necessidade de antieméticos no pós-operatório, por até 72h, sem aumento de eventos adversos. A adoção dessa prática parece ser uma boa opção na rotina dos serviços de anestesia.

 

Bibliografia

 

DREAMS Trial Collaborators and West Midlands Research Collaborative. Dexamethasone versus standard treatment for postoperative nausea and vomiting in gastrointestinal surgery: randomised controlled trial (DREAMS Trial). BMJ 2017;357:j1455

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal