FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Associação entre Diabetes Gestacional e Risco de Doença Cardiovascular

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 20/12/2017

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

Estudos anteriores identificaram que o diabetes melito gestacional (DG) é um fator de risco intermediário potencial para doença cardiovascular (DCV); no entanto, poucos desses estudos são prospectivos, avaliam os desfechos finais em termos de DCV ou consideram fatores de risco compartilhados, incluindo peso corporal e estilo de vida.

 

O Estudo

 

O Estudo de Saúde das Enfermeiras II (NHS II) é um estudo de coorte observacional de enfermeiras dos EUA estabelecido em 1989, com acompanhamento contínuo. Os questionários bianuais atualizam características comportamentais, resultados de saúde e fatores de estilo de vida. Os modelos Cox multivariáveis estimaram a relação de risco (HR) e IC 95% para risco de DCV. Foram incluídas 89.479 mulheres que relataram, pelo menos, 1 gravidez e estavam livres de DCV e câncer na linha de base. O acompanhamento, até 31.05.2015, foi completo para mais de 90% dos participantes elegíveis. Foram observados 1.161 episódios de infarto ou acidente vascular cerebral (AVC) miocárdio autorrelatado, confirmado por meio de registros médicos.

Os participantes tinham uma média (SD) de idade de 34,9 (4,7) anos. Ajustando por idade e índice de massa corporal pré-estudo, DG versus nenhuma DG foi associada à DCV subsequente (HR, 1,43; IC 95%, 1,12?1,81). O ajuste adicional para o ganho de peso desde a gravidez e fatores de estilo de vida atualizados atenuou a associação (HR, 1,29; IC 95%, 1,01?1,65). A classificação de DG por progressão para T2D em relação ao risco de DCV indicou associação positiva para DG com progressão para T2D versus não DG ou T2D (HR, 4,02; IC 95%, 1,94?8,31) e um relacionamento atenuado apenas para DG (HR, 1,30; IC 95%, 0,99?1,71).

 

Aplicação Prática

 

Com base nesse imenso estudo prospectivo, pode-se observar que o DG foi positivamente associado à DCV mais tarde na vida, embora a taxa absoluta de DCV nessa coorte mais jovem de mulheres predominantemente brancas tenha sido baixa. Essa relação é possivelmente mediada, em parte, pelo aumento de peso e pela falta de estilo de vida saudável.

 

 

Bibliografia

 

Tobias DK. Association of History of Gestational Diabetes With Long-term Cardiovascular Disease Risk in a Large Prospective Cohort of US Women. AMA Intern Med. Published online October 16, 2017. doi:10.1001/jamainternmed.2017.2790

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal