FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Tempo de Clampeamento de Cordão Umbilical em Bebês Pré-Termo

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 20/03/2018

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

O tempo do clampeamento do cordão umbilical sempre traz muitas controvérsias e, especificamente em bebês pré-termo, talvez possa existir um benefício em se demorar mais tempo para realizá-lo.

 

O Estudo

 

Este é um ensaio clínico no qual os pesquisadores randomizaram mulheres com fetos que nasceram com menos de 30 semanas de gestação para clampeamento imediato do cordão umbilical (=10 segundos após o parto) ou clampeamento retardado (=60 segundos após o parto). O resultado composto primário foi morte ou grande morbidade (definida como lesão cerebral grave na ultrassonografia pós-natal, retinopatia grave da prematuridade, enterocolite necrotizante ou sepse tardia) até 36 semanas de idade pós-menstrual.

As análises foram realizadas com base na intenção de tratar. Dos 1.634 fetos submetidos à randomização, 1.566 nasceram vivos antes das 30 semanas de gestação; destes, 782 foram atribuídos ao clampeamento imediato do cordão e 784, ao clampeamento do cordão atrasado. O tempo médio entre o nascimento e o clampeamento do cordão foi de 5 segundos e 60 segundos nos respectivos grupos. Os dados completos sobre o resultado primário estavam disponíveis para 1.497 crianças (95,6%).

Não houve diferença significativa na incidência do desfecho primário entre lactentes atribuídos ao clampeamento tardio (37,0%) e aqueles submetidos ao clampeamento imediato (37,2%) (risco relativo, 1,00; IC 95%, 0,88 a 1,13; P = 0,96). A mortalidade foi de 6,4% no grupo de clampeamento tardio e 9% no grupo de clampeamento imediato (P = 0,03 em análises não ajustadas, P = 0,39 após ajuste post hoc para múltiplos resultados secundários).

 

Aplicação Prática

 

Ao menos com base nesse importante ensaio clínico, entre os recém-nascidos prematuros, o clampeamento tardio do cordão umbilical não resultou em menor incidência do resultado combinado da morte ou maior morbidade até 36 semanas de gestação do que o bloqueio imediato do cordão. Sendo assim, pelo menos por hora, não se deve adotar essa prática.

 

 

 

Bibliografia

 

Tarnow-Mordi W et al. Delayed versus Immediate Cord Clamping in Preterm Infants. N Engl J Med 2017; 377:2445-2455

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal