FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Angioplastia com Paclitaxel para Fístulas de Diálise Disfuncionais

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 26/10/2020

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

 

A angioplastia transluminal percutâneapadrão é o tratamento atualmente recomendado para fístulas disfuncionais dehemodiálise, embora os resultados em longo prazo desse tratamento sejam ruins.Balões revestidos de medicamento que administram o agente antirrestenóticopaclitaxel podem melhorar os resultados.

 

O Estudo

 

Apresentamos umestudo prospectivo, de cegamento simples, randomizado 1:1, no qual ospesquisadores inseriram 330 participantes em 29 locais internacionais.Pacientes com lesões novas ou reestenóticas em fístulas arteriovenosas demembros superiores nativas eram elegíveis para participação. Após aangioplastia transluminal percutânea de alta pressão bem-sucedida, osparticipantes foram aleatoriamente designados para receberem tratamento com umbalão revestido com medicamento ou um balão padrão. O desfecho primário deeficácia foi a permeabilidade primária da lesão-alvo, definida como ausência derevascularização da lesão-alvo conduzida clinicamente ou trombose do circuitode acesso durante os 6 meses após o procedimento índice. O desfecho primário desegurança, eventos adversos graves envolvendo o circuito de acessoarteriovenoso em 30 dias, foi avaliado em uma análise de não inferioridade(margem de não inferioridade, 7,5 pontos percentuais). As análises primáriasincluíram todos os participantes com dados de endpoint disponíveis.Análises de sensibilidade adicionais foram realizadas para avaliar o efeito dosdados ausentes.

Foramsubmetidos à randomização 330 participantes; 170 foram designados para recebertratamento com um balão revestido de droga, e 160 foram designados para recebertratamento com um balão padrão. Durante os 6 meses após o procedimento deíndice, a permeabilidade primária da lesão-alvo foi mantida com mais frequêncianos participantes que foram tratados com um balão revestido com medicamento doque naqueles que foram tratados com um balão padrão (82,2% [125 de 152] vs.59,5% [88 de 148]; diferença no risco, 22,8 pontos percentuais; intervalo deconfiança [IC] de 95%, 12,8 a 32,8; P < 0,001). Os balões revestidos comdrogas não foram inferiores aos balões padrão em relação ao desfecho desegurança primário (4,2% [7 de 166] e 4,4% [7 de 158], respectivamente;diferença no risco, -0,2 ponto percentual; IC de 95%, - 5,5 a 5,0; P = 0,002para não inferioridade).

 

Aplicação Prática

 

Esteinteressante ensaio clínico mostra que a angioplastia com balão revestido commedicamento foi superior à angioplastia padrão para o tratamento de lesõesestenóticas em fístulas arteriovenosas de hemodiálise disfuncional durante os 6meses após o procedimento e não foi inferior em relação a eventos adversosgraves relacionados ao circuito de acesso em 30 dias. Assim, diante de talresultado, devemos apenas ser críticos quanto ao desfecho avaliado, que ésubstituto, já que apenas foi verificada a permeabilidade da lesão, e não algocontundente, como qualidade de vida, etc. Assim, ainda não é possívelrecomendar essa prática em nossas rotinas.

 

Bibliografia

 

1.            Lookstein RA et al. Drug-Coated Balloons forDysfunctional Dialysis Arteriovenous Fistulas. N Engl J Med 2020; 383:733-742.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.