FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Inibidor de Transcriptase Reversa Análogo de Nucleotídeo

Última revisão: 16/09/2015

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2010

 

          5.4.2.3 Inibidores de transcriptase reversa análogos de nucleotídeo

Fumarato de tenofovir desoproxila (TDF) é um pró-fármaco que por ação enzimática é convertido em difosfato de tenofovir, que tem efeito antirretroviral e também inibe replicação do vírus da hepatite B. Por este motivo, é recomendado atualmente como parte do esquema de primeira linha em pacientes HIV positivos coinfectados com vírus da hepatite B, em associação com outro análogo de nucleosídeo, combinado a um ITRNN ou IP. É efetivo contra cepas de vírus da hepatite B resistentes a lamivudina. A experiência com este fármaco em pacientes com hepatite crônica ainda é relativamente recente, sendo necessário determinar o risco a longo prazo, especialmente de nefrotoxicidade, redução da densidade óssea e osteomalacia18.

Tenofovir é indicado para adultos e adolescentes com mais de 18 anos. Estudos têm demonstrado baixa incidência de mutação que conduza à resistência viral. Não há necessidade de correção de esquema em presença de insuficiência hepática. Os estudos em pacientes com disfunção renal são insuficientes e os dados sobre eficácia e segurança neste contexto, controversos. Levantamento de reações adversas pós-comercialização, por quatro anos, mostrou que em 10.343 pacientes a frequência de reações graves foi de 6%; problema renal foi observado em 0,5% dos pacientes, e elevação nos níveis séricos de creatinina sérica ocorreu em 2,2% dos pacientes avaliados. O comprometimento renal associou-se a medicamentos nefrotóxicos concomitantes, baixo peso corporal, idade avançada e baixa contagem de células CD432. Em termos de eficácia, estudos multicêntricos nos quais tenofovir fizera parte do esquema antirretroviral e um inibidor de protease foi avaliado como alternativa. As combinações testadas que incluíram tenofovir mostraram resultados comparáveis aos de outras combinações, por exemplo, estavudina + lamivudina + lopinavir/ritonavir33 ou tenofovir + outro ITRN + atazanavir/ritonavir34. Outros estudos referem-se à eficácia em diferentes contextos, efeitos adversos e interações de medicamentos. Embora não represente um diferencial entre os esquemas eficazes, tenofovir pode constituir-se em agente alternativo que permite poupar o uso de um ITRNN ou um IP. Uma desvantagem é a falta de clareza sobre o uso pediátrico35 (ver monografia, página 730).

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal