FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Antimicrobianos erradicação de Helicobacter pylori

Última revisão: 17/09/2015

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2010

 

15.3  Antimicrobianos (erradicação de Helicobacter pylori)

A erradicação do H. pylori em pacientes com úlcera péptica secundária ao microrganismo está baseada na combinação de antimicrobianos e antissecretores. O esquema recomendado inclui a utilização de dois dos seguintes antimicrobianos: amoxicilina, claritromicina ou metronidazol e omeprazol, por duas semanas. A acidez gástrica diminui a eficácia de alguns dos antimicrobianos usados, pelo que omeprazol é fármaco coadjuvante nos esquemas de erradicação. Revisão sistemática e meta-análise sobre o tratamento primário de infecção por Helicobacter pylori observou que o uso de terapia com quatro agentes (inibidor de bomba de próton, bismuto, tetraciclina e metronidazol) apresentou resultados semelhantes ao esquema citado anteriormente (triplo). As terapias atingiram índices de erradicação de 78,3% e 77%, respectivamente e apresentaram índices semelhantes de adesão ao tratamento e efeitos adversos. Revisão Cochrane mostrou que a erradicação foi superior ao tratamento antissecretor na cicatrização de úlceras duodenais, mas não houve diferenças significantes na cicatrização de úlceras gástricas. Na prevenção de recorrência de úlceras duodenal e gástrica, a erradicação não superou o tratamento de manutenção com antissecretores, mas foi mais eficaz que o não tratamento. Falha na erradicação geralmente indica baixa adesão ao tratamento ou resistência microbiana, sendo mais comum com metronidazol e claritromicina do que com amoxicilina. A associação de amoxicilina e claritromicina é a mais comumente indicada para a terapia inicial, pela simplicidade na administração, redução de efeitos indesejáveis e menor custo total, aumentando assim a adesão ao tratamento (ver monografias, página 389, página 492 e página 850).

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal