Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Sulfadiazina de Prata

Última revisão: 19/12/2010

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2008

 

Sulfadiazina de Prata

 

Simone Saad Calil

 

Na Rename 2006: item 18.2

 

APRESENTAÇÃO

      Creme 1%.

 

INDICAÇÕES1

      Profilaxia e tratamento de infecção em queimaduras.

      Tratamento adjuvante de curto prazo para infecção de úlcera de perna e de decúbito.

      Profilaxia de infecção em áreas de abrasão em enxerto de pele.

 

CONTRA-INDICAÇÕES1-5,8

      Hipersensibilidade a prata ou sulfonamidas.

      Gravidez (ver Apêndice A – Fármacos e Gravidez).

      Bebês prematuros ou até 2 meses de idade, pois segurança e eficácia não foram estabelecidas.

 

PRECAUÇÕES1-5,8

      Deficiência de glicose 6-fosfato desidrogenase (G6PD).

      Insuficiência renal (ver Apêndice D – Fármacos e Nefropatias) ou hepática (ver Apêndice C – Fármacos e Hepatopatias).

      Lactação (ver Apêndice B – Fármacos e Lactação).

      Categoria de risco na gravidez (FDA): B, nos dois primeiros trimestres.

      Evitar uso em áreas extensas.

      Suspender tratamento se alterações hematológicas e rashes cutâneos surgem.

      Não suspender o uso e fazer contagens sangüíneas se ocorre leucopenia após 2 a 3 dias de uso. A alteração é autolimitada.

 

ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO4,5,8

Adultos e Crianças Maiores de 2 Meses

      Infecção em queimaduras: aplicar uma camada de 1,5 mm, 1 a 2 vezes ao dia, até cicatrização da lesão.

      Podem ser feitos curativos após a aplicação do creme.

      A aplicação pode ser mais freqüente em casos de lesões em áreas suscetíveis à remoção por movimentação do paciente.

 

ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES4-6

      Absorção: pode haver pequena absorção de sulfadiazina, mas não há absorção sistêmica considerável de prata.

      Meia-vida de eliminação: 10 horas.

      A meia-vida aumenta para 22 horas em pacientes anúricos.

 

EFEITOS ADVERSOS1-5

      Leucopenia.

      Pouco freqüentes: argiria, reações alérgicas.

 

ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES2-5,8

      Orientar que este medicamento somente pode ser empregado para uso externo e para não aplicar ao redor dos olhos.

      Orientar para lavar as mãos antes e depois de usar o creme.

      Ensinar a remover a pele necrosada e a manter a área sempre limpa.

      Ensinar a utilizar luva estéril para aplicação.

 

ASPECTOS FARMACÊUTICOS4-6,8

      Conservar à temperatura ambiente, em recipientes bem fechados. Manter ao abrigo de luz, calor e umidade. Não congelar.

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal