FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Anexo III

Última revisão: 31/03/2011

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

MANUAL TÉCNICO PARA O CONTROLE DA TUBERCULOSE: CADERNOS DE ATENÇÃO BÁSICA – 6ª ed., revista e atualizada [Link Livre para o Documento Original]

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Atenção à Saúde

Departamento de Atenção Básica

Série Cadernos de Atenção Básica – Série A. Normas e Manuais Técnicos, nº 148

BRASÍLIA / DF – 2002

 

Anexo III

 

LIVRO DE REGISTRO DE BACILOSCOPIA E DE CULTURA PARA DIAGNÓSTICO E CONTROLE DA TUBERCULOSE

 

LIVRO DE REGISTRO DE BACILOSCOPIA E DE CULTURA PARA DIAGNÓSTICO E CONTROLE DA TUBERCULOSE

Os laboratórios integrados ou vinculados à Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública devem ter um sistema de registro interno que permita: (1) fornecer o resultado do exame ao solicitante; (2) registrar e avaliar o trabalho diário realizado e (3) fornecer informações indispensáveis para o programa de controle da tuberculose e para a rede de laboratórios. Este livro de registro de baciloscopia e de cultura deverá ser utilizado por toda a unidade de saúde que realizar somente baciloscopia (mas que poderá enviar material clínico para a cultura) e laboratórios que realizarem, tanto a baciloscopia quanto a cultura, para diagnóstico e controle da tuberculose. Esta proposta pretende adequar e uniformizar as informações obtidas no laboratório, para melhor utilização dos dados produzidos no programa de controle da tuberculose. As informações contidas aqui são confidenciais e devem ser cuidadosamente protegidas contra danos e extravios. Dos dados deste livro, será feito um consolidado mensal que informará ao coordenador de tuberculose da unidade de saúde, ou na falta deste, ao coordenador municipal ou estadual, os números de pacientes sintomáticos respiratórios examinados que forem positivos e/ou negativos à baciloscopia ou à cultura. Além disso, será feita uma listagem nominal dos pacientes positivos, utilizando o "Informe mensal do laboratório ao programa" para que seja comparada com Livro de Registro e Controle de Tratamento dos Casos de Tuberculose das unidades de saúde que solicitarem os exames. Estes dados poderão ser armazenados no programa de computação intitulado SILTB (Sistema de Informação Laboratorial da Tuberculose) e distribuído gratuitamente pelo Centro de Referência Professor Hélio Fraga* da Fundação Nacional de Saúde.


Para preencher as colunas do livro de registro:

Nome: nome completo do paciente

Sexo: M (masculino)

F (feminino)

 

Data de nasc./idade: colocar dia, mês e ano ou a idade se o paciente não relatar a data exata de nascimento

Endereço: rua, travessa, avenida, quadra, bloco, lote ou gleba e o número da habitação do paciente

Município: município de residência do paciente

Unidade de saúde: nome completo da unidade de saúde requisitante do exame

Prontuário: número de matrícula do paciente na unidade de saúde requisitante

N.º de ordem: número seqüencial usado para identificar o material clínico recebido pelo laboratório

Data exame: dia, mês e ano em que se iniciaram os procedimentos laboratoriais relativos ao exame

 

Resultados por tipo de exame:

Baciloscopia: relativo aos exames microscópicos

Diagnóstico: relativo aos exames para diagnóstico de tuberculose

1.º amostra: relativo ao primeiro exame para diagnóstico de tuberculose

2.º amostra: relativo ao segundo exame para diagnóstico de tuberculose

Controle: relativo aos exames para acompanhamento do tratamento de tuberculose

Mês: relativo ao mês do tratamento de tuberculose

Resultado: relativo ao resultado do exame para acompanhamento do tratamento de tuberculose

 

Preencher resultados da baciloscopia usando as seguintes notações:

Neg – negativo ou de 1 a 4 bacilos em 100 campos examinados

(+) – menos de 1 bacilo em 100 campos examinados

(++) – de 1 a 10 bacilos em 50 campos examinados

(+++) – mais de 10 bacilos em 20 campos examinados

NR – não realizado

 

Cultura: relativo aos exames de isolamento do bacilo da tuberculose

Diagnóstico: relativo aos exames para diagnóstico de tuberculose

1.º amostra: relativo ao primeiro exame para diagnóstico de tuberculose

2.º amostra: relativo ao segundo exame para diagnóstico de tuberculose

Controle: relativo aos exames para acompanhamento do tratamento de tuberculose

Mês: relativo ao mês do tratamento de tuberculose

Resultado: relativo ao resultado do exame para acompanhamento do tratamento de tuberculose.

 

Para a cultura utilizar as seguintes notações:

NR – não realizada

neg – sem crescimento no meio de cultura

C – contaminado

EA (em andamento) – resultado provisório para indicar que o exame não foi concluido

(+) – de 20 a 100 colônias

(++) – mais de 100 colônias separadas

(+++) – colônias confluentes

 

Material: relativo ao tipo de material clínico (escarro, lavados gástrico, brônquico, bronco-alveolar, tráqueo-brônquico, broncoaspirado, urina, gânglio, sangue, aspirado de medula óssea, biópsia e outros)

 

Observação: relativo aos comentários pertinentes às observações relevantes não especificados em outros campos

 

*Centro de Referência Prof. Hélio Fraga

Estrada de Curicica 2000 Jacarepaguá – Rio de Janeiro – RJ

 

CEP: 22710 - 550

 

Telefone: (21) 445 6848

Telefax: (21) 441 4715

E-mail: labtb@gbl.com.br

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

 

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal