FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Mulher com massa cervical

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 28/05/2014

Comentários de assinantes: 0

Especialidades: Endocrinologia / Medicina de família e Comunidade / Medicina de Emergência

Quadro Clínico

         Paciente do sexo feminino, de 32 anos, sem antecedentes mórbidos prévios, procurou atendimento médico por queixa de aumento do volume cervical há meses. Tinha vergonha de ir ao médico, mas acabou procurando atendimento, por se sentir desconfortável com a situação. Logo na chegada, estava fácil de notar um achado de exame físico presente na imagem 1.

 

Imagem 1 – Região cervical da paciente

 

 

Diagnóstico e Discussão

         Este paciente apresenta um achado bastante claro de bócio.

         Bócio refere-se ao crescimento anormal da glândula tireóide. Em adultos o bócio pode ser difuso ou nodular, e pode estar associado a produção normal, reduzida ou aumentada de hormônios da tireóide.

 

As causas de bócio em adultos são as seguintes:

         Bócio multinodular;

         Bócio por deficiência de iodo;

         Autoimune / tireoidite;

o   Tireoidite crônica autoimune (Hashimoto);

o   Tireoidiete indolor;

o   Tireoidite subaguda;

o   Tireoidite pós-parto;

o   Tireoidite infecciosa;

         Ingesta de substâncias bociogênicas;

o   Iodo;

o   Carbonato de lítio;

o   Alimentos (mandioca, painço);

         Doença infiltrativa de tireóide;

o   Tireoidite de Riedel;

o   Bócio amiloide;

o   Histiocitose;

o   Cistinose;

o   Sarcoidose;

         Bócio tóxico;

o   Doença de Graves;

o   Adenoma de tireóide de funcionamento autônomo;

         Cisto de tireóide;

o   Cisto do ducto tireoglosso;

         Ademonas de tireóide;

         Carcinoma de tireóide;

o   Carcinoma papilífero;

o   Carcinoma folicular;

o   Carcinoma medular.

 

Bibliografia

1.      Bahn RS, Castro MR. Approach to the patient with nontoxic multinodular goiter. J Clin Endocrinol Metab 2011; 96:1202.

2.      Madjar S, Weissberg D. Retrosternal goiter. Chest 1995; 108:78.

3.      Ross DS. Diagnostic approach to and treatment of goiter in adults. Disponível em: www.uptodate.com. Visualizado em 26 de março de 2014.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal