FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Imagem – Infiltrado Bilateral Micronodular

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 10/11/2014

Comentários de assinantes: 0

Especialidades: Infectologia/Pneumologia/Medicina de Emergência

 

Quadro Clínico

         Paciente do sexo masculino, 52 anos, portador de hipertensão arterial sistêmica em controle ambulatorial com uso de hidroclorotiazida 25mg/dia e enalapril 10mg 12/12h, procurou atendimento médico com história de perda ponderal há três meses e episódios febris eventuais no período de até 39oC. Relata dispneia progressiva no período não relacionada a esforços, sem dispneia paroxística noturna e sem ortopneia. Ao exame físico chamava atenção a presença de FR=26cpm, FC98bpm, normotenso, afebril, SatO2 em ar ambiente de 91%, ausculta pulmonar com roncos difusos e ausculta cardíaca normal, sem edema periférico. Realizou radiografia de tórax e a seguir tomografia computadorizada do seguimento torácico, imagens apresentadas a seguir.

 

Imagem 1 – Radiografia simples de tórax

 

 

 

Imagem 2 – Tomografia computadorizada de tórax

 

 

Diagnóstico e Discussão

        Este paciente apresentava na radiografia simples de tórax um infiltrado reticular bilateral, que na tomografia de tórax fica mais evidente qual seu padrão, conforme descrição do laudo do radiologista:

 

- Múltiplos nódulos centrolobulares de distribuição aleatória pelo parênquima pulmonar. Tal achado pode ser decorrente de processo infeccioso de etiologia micobacteriana.

 

        Este paciente foi diagnosticado como portador de tuberculose miliar e foi iniciado tratamento apropriado com esquema RIPE.

A tuberculose miliar é uma doença resultante da disseminação hematogênica do agente Mycobacterium tuberculosis. Originalmente se referia a uma descrição patológica, e depois radiológica, mas hoje é usada para todas as formas progressivas e difusas de tuberculose com disseminação hematogênica. Normalmente esta forma tem origem em uma infecção primária progressiva, ou por reativação de um foco latente.

        A apresentação clínica é bastante variável, e tende a ser subaguda ou crônica na maioria dos casos, sendo que a média de tempo dos sintomas é de dois meses. Apresentação com evolução aguda tende a ser mais comum em infecções primárias, porém nestes casos a doença tende a ser mais grave, podendo ocorrer falência de múltiplos órgãos e SARA, sendo que algumas séries apontam que 2% dos casos de SARA podem ser atribuíveis a tuberculose miliar.

        Acometimento pulmonar é a forma mais comum, ocorrendo em 50% dos pacientes com tuberculose miliar. Os achados mais frequentes nestes casos incluem dispneia, tosse, roncos e estertores na ausculta pulmonar, sendo comum haver hipoxemia. Em alguns casos pode haver acometimento pleural associado. Os sítios extrapulmonares mais comuns são o sistema linfático, ossos e o fígado.

 

Bibliografia

Bernardo J. Clinical manifestations, diagnosis, and treatment of extrapulmonary and miliary tuberculosis. Disponível em www.uptodate.com. Última visualização em 24 de maio de 2014.

Maartens G, Willcox PA, Benatar SR. Miliary tuberculosis: rapid diagnosis, hematologic abnormalities, and outcome in 109 treated adults. Am J Med 1990; 89:291.

Kim JH, Langston AA, Gallis HA. Miliary tuberculosis: epidemiology, clinical manifestations, diagnosis, and outcome. Rev Infect Dis 1990; 12:583.

Gelb AF, Leffler C, Brewin A, et al. Miliary tuberculosis. Am Rev Respir Dis 1973; 108:1327.

Munt PW. Miliary tuberculosis in the chemotherapy era: with a clinical review in 69 American adults. Medicine (Baltimore) 1972; 51:139.

Proudfoot AT, Akhtar AJ, Douglas AC, Horne NW. Miliary tuberculosis in adults. Br Med J 1969; 2:273.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal