FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Dor na Perna de Corredor

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 09/10/2015

Comentários de assinantes: 0

Quadro Clínico

Paciente masculino, 38 anos, sem antecedentes pessoais, procura atendimento queixando-se de dor no joelho direito. Nega vícios, nega uso de medicamentos. Relata que corre 3x/semana por 30 min, sendo que na última semana intensificou seus treinos passando a correr 5x/semana por 50 minutos. Procura atendimento buscando saber do que pode se tratar seu caso. Para ilustrar este caso, veja a Imagem 1, onde temos uma amostra da anatomia do membro inferior.

 

Imagem 1 – Anatomia do Membro Inferior

 

 

 

 

Diagnóstico e Discussão

Sabemos que uma forma muito comum de realizar exercícios e manter a forma nas cidades grandes é a corrida. E embora existam muitos benefícios para a saúde, se levarmos em conta a realização de exercício regular, há também um risco de lesões em diversos pontos dos membros inferiores.

Lesões em quem corre normalmente envolvem os músculos, os tendões, as articulações e os ossos das pernas. A maioria é devida a uma atividade repetitiva, em vez de um único acontecimento traumático.

Dor no joelho é o sintoma mais comum de lesão em corredores. A causa mais comum de dor no joelho em corredores é a síndrome da dor femoropatelar. O que marca esta síndrome é o aparecimento gradual de dor na parte da frente do joelho, perto da rótula. A dor é pior depois de se sentar por um longo tempo ou quando vai subir e descer escadas, ou rampas. Outra causa de dor no joelho é a síndrome da banda iliotibial, o que afeta a parte externa do joelho e pode irradiar até o lado externo da coxa até o quadril.

Outras lesões comuns em corredores incluem a síndrome do estresse tibial medial, também conhecido como “dores nas canelas”, ou “canelite”. Essa síndrome gera dor na parte anterior da perna (nas canelas), e é mais comum em quem está começando a correr. Corredores de longa distância podem sofrer fraturas por estresse , pequenas fraturas do osso que resultam do repetido “estress" sobre o osso, que ocorre mais frequentemente na perna, quadril, ou a pé. Outros problemas incluem tendinite no tendão de Aquiles e fasciite plantar. A tendinite no tendão de Aquiles provoca dor ao longo do tendão de Aquiles e na parte de trás do tornozelo, enquanto que a fasciite plantar provoca dor na parte inferior do pé ou do próprio calcanhar. A fasciite plantar geralmente se sente pior depois de um período de descanso, como na parte da manhã, logo após sair da cama.

Certos grupos de corredores têm uma maior chance de adquirir lesões. Estes incluem os corredores iniciantes, corredores com lesões anteriores, aqueles que correm mais de 65 quilômetros por semana, aqueles que de repente aumentam a velocidade ou a distância da sua execução, e as mulheres com baixa densidade óssea (osteopenia ou osteoporose).

Cada indivíduo é diferente, mas algumas recomendações gerais para os pacientes incluem:

 

Se você é um corredor iniciante, começar devagar e aumentar o tempo de execução e distanciar gradualmente.

Incluir um ou dois dias de descanso, ou dias alternando com outros treinos (ou cross-training) a cada semana.

Escolher um sapato que seja confortável com uma quantidade adequada de suporte, e mudar os sapatos periodicamente devido ao desgaste.

Superfícies macias (por exemplo, esteiras, trilhas) são melhores do que as superfícies duras (por exemplo, concreto, asfalto).

Embora muitos corredores gostem de alongar antes ou após a execução, o alongamento não reduz as lesões.

 

Bibliografia

Brown CR Jr. Common injuries from running. In: Imboden JB, Hellmann DB, Stone JH, eds. Current Diagnosis & Treatment: Rheumatology. 3rd ed. New York, NY: McGraw-Hill; 2013:chap 72

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal