FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Hipertensão pulmonar

Autor:

Rodrigo Antonio Brandão Neto

Médico Assistente da Disciplina de Emergências Clínicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Última revisão: 02/06/2016

Comentários de assinantes: 2

Paciente de 51 anos, do sexo feminino, com quadro de dispneia progressiva há cerca de seis meses, nega quadro de tosse e outros sintomas. Realizou radiografia e tomografia de tórax, conforme imagem abaixo.

Os achados de exames de imagem mostram abaulamento do arco pulmonar na radiografia de tórax sem alterações parenquimatosas. A tomografia confirma a presença de hipertensão pulmonar estimada em 60 mmHg.

A paciente ainda apresentava baqueteamento digital, que costuma ser associado com quadros de shunts pulmonares. Nessa circunstância, a ausência de lesões pulmonares sugere principalmente dois diagnósticos diferenciais, que são a hipertensão pulmonar primária, que ocorre principalmente em mulheres de meia-idade e tromboembolismo pulmonar crônico.

 

 

 

 

Nota: A HP é definida por pressão de artéria pulmonar maior que 25 mmHg, mas em TC é sugerida quando o diâmetro da artéria pulmonar é maior que 3 cm ou maior que a aorta. A estimativa de pressão de artéria pulmonar de 60 mmHg foi de uma ecocardiografia que a mensurou indiretamente. O laudo desta tomografia colocava que a pressão de artéria pulmonar era provavelmente maior que 35 mmHg, mas não fez esta mensuração, que foi definida por ecocardiograma.

Comentários

Por: Atendimento MedicinaNET em 02/06/2016 às 09:22:50

"Prezado Dr. André Marinho Vitório Cavalcante. Agradecemos o seu contato. Seu questionamento é pertinente e correto, a hipertensão pulmonar pode ser sugerida, mas não estimada pela tomografia. A HP é definida por pressão de artéria pulmonar maior que 25 mmHg, mas em TC é sugerida quando realmente o diâmetro da artéria pulmonar é maior que 3 cm ou maior que a aorta. A estimativa de pressão de artéria pulmonar de 60 mmHg foi de uma ecocardiografia que mensurou esta indiretamente. O laudo desta tomografia colocava que a pressão de artéria pulmonar era provavelmente maior que 35 mmhg, mas não fez esta mensuração, que foi definida por ecocardiograma que por um descuido do editor não foi citado. Pedimos desculpas pelo erro. Atenciosamente, Os Editores."

Por: ANDRÉ MARINHO VITÓRIO CAVALCANTE em 21/05/2016 às 00:35:33

"Caros editores, Como pode a tomografia quantificar a hipertensão pulmonar em 60MMHG, como descrito neste caso? Acredito que a tomografia pode apenas sugerir sinais de hipertensão da artéria pulmonar, manifestada quando o diâmetro do tronco da artéria pulmonar é maior que 29mm, ou, de uma forma grosseira, quando seu diâmetro é maior que o da aorta. Fiquei curioso sobre a quantificação da hipertensão pulmonar pela tomografia."

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal