FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Colecistite

Autor:

Rodrigo Antonio Brandão Neto

Médico Assistente da Disciplina de Emergências Clínicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Última revisão: 29/06/2016

Comentários de assinantes: 0

Mulhere de 43 anos de idade com quadro de sete dias de dor abdominal em flanco direito, com piora progressiva. Nega icterícia e outros sintomas. Na investigação realizou ultrassonografia a beira do leito pelo médico emergencista com o seguinte achado:

 

 

 

O exame ultrassonográfico revela espessamento importante da parede da vesícula biliar, com um sinal denominado de “dupla parede”. O espessamento da parede da vesícula biliar > 4-5 mm é o principal achado ultrassonográfico na colecistite. O edema da parede pode fazer aparecer o sinal da dupla parede como ocorreu nesse caso. A sensibilidade da ultrassonografia para o diagnóstico de colecistite é próxima de 90% com especificidade de 80% e é considerado o primeiro exame a ser realizado nesses pacientes. Outro sinal ultrassonográfico combinado com exame físico é a presença de sinal de Murphy provocado pelo transdutor do ultrassonográfico com a palpação da parede abdominal com esse transdutor.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal