FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cloreto de Suxametônio

Última revisão: 27/12/2009

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>> >>>

>>Cloreto de Suxametônio>>>>>

>> >>>

>Sheila Silva Monteiro Lodder Lisboa>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 1.3>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>>

>      >>>Solução injetável 50 mg/mL.>>>>

>>> >>>>

>>SINONÍMIA>>>>>>>>

>      >>>Succinilcolina.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1,5>>>>>>>>>

>      >>>Relaxamento muscular em procedimentos de curta duração (endoscopia e eletroconvulsoterapia).>>>>

>      >>>Intubação endotraqueal, convencional e de seqüência rápida.>>>>

>> >>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,3,5>>>>>>>>>

>      >>>História pessoal ou familiar de hipertermia maligna.>>>>

>      >>>Miopatias associadas à elevação sérica de creatina fosfoquinase.>>>>

>      >>>Condições associadas à baixa atividade de pseudocolinesterase plasmática.>>>>

>      >>>Alergia ao fármaco.>>>>

>      >>>Glaucoma de ângulo estreito.>>>>

>      >>>Lesões penetrantes de globo ocular.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,3,5>>>>>>>>>

>      >>>Suxametônio deve ser administrado após indução anestésica porque a paralisia é geralmente precedida de fasciculações musculares dolorosas.>>>>

>      >>>Taquicardia ocorre com dose única; com doses repetidas, pode ocorrer bradicardia em adultos e na primeira dose em crianças. Pré-medicação com atropina reduz bradicardia e também salivação excessiva associada ao suxametônio.>>>>

>      >>>Portadores de miastenia grave são resistentes ao suxametônio, mas podem desenvolver bloqueio dual que resulta em atraso na recuperação. Pode ocorrer paralisia prolongada.>>>>

>      >>>Cautela em pacientes com doenças cardíaca, respiratória ou neuromuscular, miopatias, arritmias cardíacas, hiperpotassemia, sepse, paraplegia, lesão da medula ou trauma grave.>>>>

>      >>>Doença hepática grave (ver apêndice C) ou cirrose.>>>>

>      >>>Insuficiência renal (ver apêndice D).>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): C.>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>1,5>>>>>>>>

>Adultos>>

>>Relaxamento Muscular em Procedimentos Cirúrgicos de Curta Duração>>>>>>>

>      >>>De 2,5 a 4 mg/kg, por via intramuscular profunda, preferencialmente no músculo deltóide, uu: 1,5 mg/kg, por via intravenosa.>>>>

>      >>>Dose máxima total: 150 mg. Usar solução injetável sem diluição.>>>>

>>> >>>>

>>Intubação Endotraqueal>>>>>>>

>      >>>Dar 1 mg/kg, por via intravenosa, ou 2-4 mg/kg, por via intramuscular, se veia adequada estiver inacessível.>>>>

>      >>>Dose máxima total: 150 mg.>>>>

>      >>>Por infusão intravenosa contínua: 10-100 microgramas/kg/minuto, da solução injetável diluída em soro fisiológico ou solução glicosada 5% (concentração de 1 a 2 mg/mL).>>>>

>>> >>>>

>Crianças>>

>>Relaxamento Muscular em Procedimentos Cirúrgicos de Curta Duração>>>>>>>

>      >>>De 1 a 2 mg/kg, por via intravenosa, inicialmente; na manutenção, 0,3-0,6 mg/kg, a cada 5 a 10 minutos, se necessário.>>>>

>> >>>

>>Intubação Endotraqueal>>>>>>>

>      >>>Neonatos, lactentes e crianças pequenas: 2 mg/kg, por via intravenosa ou 4-5 mg/kg, por via intramuscular.>>>>

>      >>>Crianças mais velhas e adolescentes: 1 mg/kg, por via intravenosa, ou 2-4 mg/kg, por via intramuscular, se veia adequada estiver inacessível.>>>>

>      >>>Dose máxima total: 150 mg.>>>>

>      >>>Por infusão intravenosa contínua: 10-100 microgramas/kg/minuto, da solução injetável diluída em soro fisiológico ou solução glicosada 5% (concentração de 1-2 mg/mL).>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5>>>>>>>>>

>      >>>Início de efeito: 2 a 3 minutos (intramuscular), 30 a 60 segundos (intravenosa).>>>>

>      >>>Duração de efeito: 15 a 20 minutos (intramuscular), 4 a 6 minutos (dose única intravenosa).>>>>

>      >>>Meia-vida de eliminação: menos de 1 minuto.>>>>

>      >>>Metabolismo: rápido, por pseudocolinesterase plasmática.>>>>

>      >>>Excreção: renal (10%).>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,3,5>>>>>>>>>

>      >>>Aumento da pressão intra-ocular, apnéia, broncoespasmo, parada cardíaca, bradiarritmia e hipotensão, hipercalemia, hipertermia maligna, salivação, depressão respiratória, rabdomiólise com mioglobinemia em crianças.>>>>

>      >>>Reações anafiláticas.>>>>

>      >>>>Rash >>cutâneo, dor muscular pós-operatória, mioglobinúria.>>>>

>      >>>Aumento de pressão gástrica, particularmente em pacientes que deambulam logo após cirurgia e mais comum em mulheres.>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>1,3,5>>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito de suxametônio: lidocaína, pancurônio, quinidina, erva-de-são-joão, aminoglicosídeos, procainamida, donepezila, anticolinesterásicos, metoclopramida, lítio, vancomicina, sais de magnésio, contraceptivos orais.>>>>

>      >>>A associação com tiopental pode causar coagulação intravascular disseminada.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>1>>>>>>>>>

>      >>>Solução injetável requer armazenamento sob refrigeração (2-8°C).>>>>

>      >>>Sob refrigeração, a solução diluída é estável por 24 horas.>>>>

>      >>>Incompatibilidade com: tiopental, pentobarbital, bicarbonato de sódio.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.