FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Vacina contra Hepatite B ADNR Recombinante

Última revisão: 04/04/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Vacina contra Hepatite B (ADN>R> Recombinante)>>>>>

>> >>>

>Sara de Jesus Oliveira>>>>>

>Simone Sena Farina>>>>>

>> >>>

>>Na Rename 2006: item 7.2>>>>>

>>> >>>>

>APRESENTAÇÃO>>

>      >>>Solução injetável.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÃO>386>>>>>

>      >>>Imunização ativa contra infecção por vírus da hepatite B.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>386>>>>>

>      >>>Hipersensibilidade a qualquer componente da vacina.>>>>

>      >>>Doenças agudas febris graves.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>386>>>>>

>      >>>O desconhecimento dos efeitos da vacina recombinante contra hepatite B no desenvolvimento fetal determina que sejam vacinadas somente mulheres grávidas em situações de alto risco.>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>386>>>>>

>      >>>0 a 19 anos de idade: uma dose de 0,5 mL.>>>>

>      >>>20 a 40 anos de idade: uma dose de 1,0 mL.>>>>

>      >>>Deve ser administrada por via intramuscular na região do deltóide, ou, em crianças pequenas, no vasto lateral da coxa. Não deve ser aplicada na região glútea. Excepcionalmente, a vacina pode ser administrada por via subcutânea, em pacientes com tendência a sangramento grave (ex.: hemofílicos).>>>>

>      >>> dois esquemas de vacinação recomendados, que consistem de 3 a 4 doses da vacina.>>>>

>>> >>>>

>Indivíduos expostos a risco moderado ou baixo de infecção:>>

>      >>>primeira dose: na data de eleição;>>>>

>      >>>segunda dose: um mês depois;>>>>

>      >>>terceira dose: 6 meses após a primeira dose.>>>>

>>> >>>>

>Recém-nascidos e indivíduos que necessitem de proteção mais rápida ou estejam mais freqüentemente expostos à infecção:>>

>      >>>primeira dose: na data de eleição;>>>>

>      >>>segunda dose: um mês depois;>>>>

>      >>>terceira dose: 2 meses após a primeira dose;>>>>

>      >>>quarta dose: 12 meses após a primeira dose.>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>386>>>>>

>      >>>Dor, rubor, edema, nódulo e febrícula no local de aplicação. A intensidade destas reações é relativamente baixa e de curta duração, ocorrendo principalmente pela presença do adjuvante.>>>>

>      >>>As reações de caráter alérgico aos componentes da vacina recombinante contra hepatite B são extremamente raras. Embora com pouca freqüência, os vacinados podem apresentar sintomas semelhantes ao resfriado comum (febre, dor de cabeça, náusea, vertigem e fadiga).>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>386>>>>>

>      >>>Nenhum medicamento concomitante constituirá contra-indicação para uso da vacina, ressalvada a aplicação de imunossupressores. Todavia, qualquer medicamento administrado ao paciente deve ser considerado e avaliado pelo médico assistente.>>>>

>      >>>A vacina pode ser administrada concomitantemente a outras vacinas que constam do Programa Nacional de Imunização, tais como: poliomielite, tríplice bacteriana, sarampo, BCG (esta última deve ser administrada em local de injeção diferente).>>>>

>>> >>>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>386>>>>>

>      >>>Como a hepatite D (causada pelo agente delta) não ocorre na ausência da infecção por vírus da hepatite B, é esperado que a hepatite D seja evitada pela vacinação com este produto. A vacinação deve evitar não a infecção pelo vírus, como também complicações crônicas decorrentes, como cirrose e carcinoma hepatocelular primário.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>386>>>>>>>>

>      >>>A vacina não deve ser administrada por via intravenosa.>>>>

>      >>>A vacina deve ser agitada fortemente antes do uso.>>>>

>      >>>Conservar a vacina recombinante contra hepatite B em geladeira, entre 2 e 8°C. Não deve ser congelada.>>>>

>      >>>O antígeno recombinante de superfície (rHBsAg) é purificado por vários métodos físico-químicos e adsorvido por hidróxido de alumínio e adicionado de tiomersal como conservante.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.