FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Vacina Conjugada contra Meningococo C

Última revisão: 04/04/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Vacina Conjugada contra Meningococo C>>>>>

>> >>>

>Rogério Hoefler>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 7.2>>>>>

>>> >>>>

>>SINONÍMIA>>>>>>>

>      >>>Vacina contra meningite C (Denominação Comum Brasileira).>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>392,393>>>>>>>>

>      >>>Suspensão injetável.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÃO>392,393>>>>>>>>

>      >>>Imunização ativa contra infecção por >Neisseria meningitidis >sorogrupo C, nas seguintes situações: asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas; imunodeficiências congênitas da imunidade humoral, particularmente do complemento e de lecitina fixadora de manose; pessoas menores de 13 anos com HIV/aids; implante de cóclea; e doenças de depósito.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>392,393>>>>>>>>

>      >>>Prévia reação de hipersensibilidade ou anafilática grave associada ao uso de qualquer dos componentes desta vacina.>>>>

>      >>>Doença febril aguda (temperatura acima de 38,5ºC); contudo, não está contra-indicada em infecção leve no trato respiratório superior.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>392,393>>>>>>>>

>      >>>A vacina confere proteção somente contra >N. meningitidis >grupo C. A presença de pequena quantidade de toxóide tetânico não confere proteção contra o tétano.>>>>

>      >>>Não evidência de qualquer efeito danoso sobre a gravidez. Não se justifica teste de gravidez de rotina antes da vacinação.>>>>

>      >>>Lactação em mulheres saudáveis não contra-indica a imunização.>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>2,388,392,393>>>>>>>>

>Lactentes>>

>      >>>Três doses de 0,5 mL, por via intramuscular, aos 2 (1a dose), 4 (2a dose) e 6 meses de idade (3a dose), ou com o mínimo de quatro semanas de intervalo entre as doses.>>>>

>>> >>>>

>Crianças entre 4 e 11 Meses>>

>      >>>Duas doses de 0,5 mL, por via intramuscular, com intervalo mínimo de quatro semanas entre as doses.>>>>

>>> >>>>

>Crianças com mais de 12 Meses e Adultos>>

>      >>>Recomenda-se dose única. Obs.: Em crianças com menos de um ano, a vacina deve ser administrada por via intramuscular, na região anterolateral da coxa; em crianças maiores e adultos, pode-se também optar pela região deltóide. A via subcutânea deve ser empregada em indivíduos com distúrbios hemorrágicos.>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>2,389,392,393>>>>>>>>

>      >>>Dor (acima de 10%), eritema (acima de 10%) e enduração no local da injeção (acima de 10%).>>>>

>      >>>Febre baixa (acima de 10%), irritabilidade (acima de 10%), anorexia (acima de 10%) e cefaléia (acima de 10%), sonolência, tontura, convulsões (1,6 caso/100.000 doses), síncope.>>>>

>      >>>Náusea, vômito, diarréia.>>>>

>      >>>Linfadenopatia.>>>>

>      >>>Anafilaxia (0,3 caso/100.000 doses), púrpura (0,1 caso/100.000 doses), broncoespasmo, angioedema e síndrome de Stevens-Johnson (rara), erupção cutânea, urticária, prurido.>>>>

>      >>>Rigidez do pescoço, mialgia, hipotonia.>>>>

>      >>>Fotofobia.>>>>

>      >>>Parestesia, hipoestesia.>>>>

>      >>>Os efeitos adversos sistêmicos tendem a diminuir com o aumento da idade, e efeitos adversos locais tendem a aumentar com o aumento da idade. Cefaléia é mais comum em adolescentes.>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>2,389,392,393>>>>>>>>

>      >>>A vacina pode ser administrada simultaneamente com outras vacinas, contanto que seja em pontos diferentes de aplicação, e que as vacinas não sejam misturadas na mesma seringa.>>>>

>>> >>>>

>>ORIENTAÇÃO AOS PACIENTES>392>>>>>>>>

>      >>>O uso de paracetamol pode ser necessário após administração da vacina para atenuar o desconforto de eventos adversos.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>392,393>>>>>>>>

>      >>>Cada dose (0,5 mL de suspensão) contém 10 microgramas de polissacarídeo do meningococo C, conjugado a toxóide tetânico ou CRM197. Contém hidróxido de alumínio como adjuvante.>>>>

>      >>>Armazenar sob refrigeração, entre 2 e 8 ºC, evitando congelamento.>>>>

>      >>>Agitar antes do uso para obter uma suspensão branca homogênea.>>>>

>      >>>Descartar se houver alteração na cor ou formação de grumos.>>>>

>>> >>>>

>>ATENÇÃO: os eventos adversos graves ou inusitados devem ser notificados por telefone imediatamente ao nível hierárquico superior, com a finalidade de alertar a vigilância e obter orientações quanto à investigação, se necessário.>>>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal