FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Succinato de Metoprolol

Última revisão: 16/05/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Succinato de Metoprolol>>>>>

>> >>>

>Priscila Gebrim Louly>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: itens 13.1 e 13.4.2>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Comprimidos de 25 mg e 100 mg.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>2,5>>>>>>>>

>      >>>Insuficiência cardíaca congestiva de classes II e III (New York Heart Association).>>>>

>      >>>Hipertensão arterial sistêmica.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>5,7>>>>>>>>

>      >>>Hipersensibilidade ao succinato de metoprolol ou componente da formulação.>>>>

>      >>>Insuficiência cardíaca descompensada.>>>>

>      >>>Choque cardiogênico.>>>>

>      >>>Bradicardia sinusal grave.>>>>

>      >>>Síndrome sinusal (com marcapasso).>>>>

>      >>>Bloqueio atrioventricular de e graus.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>2,5,7,121>>>>>>>>

>      >>>Usar com cuidado em pacientes em uso de anestésicos pelo risco de depressão miocárdica grave.>>>>

>      >>>Não suspender o fármaco abruptamente pelo risco de efeito rebote.>>>>

>      >>>Deve ser utilizado com cautela em pacientes com doença broncoespástica.>>>>

>      >>>Usar com precaução em pacientes com miastenia grave e feocromocitoma.>>>>

>      >>>Usar com cuidado em pacientes com diabetes melito (pode mascarar os sintomas de hipoglicemia).>>>>

>      >>>Em pessoas com doença vascular periférica pode causar ou agravar os sintomas de insuficiência arterial.>>>>

>      >>>Insuficiência hepática requer ajuste de dose. (ver apêndice C).>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): C e D ( e trimestres) (ver apêndice A).>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>2>>>>>>>>

>Adultos>>

>>Insuficiência Cardíaca Congestiva>>>>>>>

>      >>>25 mg, por via oral, em 1 dose diária. Caso necessário, pode-se dobrar a dose a cada 23 semanas, até 200 mg/dia.>>>>

>> >>>

>>Hipertensão Arterial Sistêmica (Uso Preferencial em Gestantes)>>>>>>>

>      >>>100 mg/dia, por via oral, inicialmente. Caso necessário pode-se aumentar para 200 mg, por via oral, administrados a cada 24 ou 12 horas. Dose máxima: 400 mg/dia.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5,6>>>>>>>>

>      >>>A presença de alimento aumenta a biodisponibilidade do metoprolol.>>>>

>      >>>Pico de concentração: 1,5 a 2 horas (comprimido de liberação imediata) e 3,3 horas (comprimido de liberação controlada).>>>>

>      >>>Início da ação: 1 hora.>>>>

>      >>>Duração da ação: 10 a 20 horas.>>>>

>      >>>Meia-vida: 3 a 7 horas.>>>>

>      >>>Metabolismo: hepático.>>>>

>      >>>Excreção: renal (95%).>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>2,5,7>>>>>>>>

>      >>>Broncoespasmo (1%), dispnéia (3%) sibilo (1%).>>>>

>      >>>Bradiarritmia (3%), falência cardíaca (1%), hipotensão (1%), extremidades frias (1%).>>>>

>      >>>Prurido (5%), >rash >(5%).>>>>

>      >>>Constipação (1%), diarréia (5%), indigestão (1%), náusea (1%).>>>>

>      >>>Dor de cabeça, depressão (5%), tontura (10%).>>>>

>      >>>Fadiga (10%).>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>2,5>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito (toxicidade): citalopram, escitalopram, bupropiona, terbinafina, hidroxicloroquina, difenidramina, tioridazina, celecoxibe, clorpromazina, delavirdina, fluoxetina, paroxetina, hidralazina, propafenona, quinidina, ciprofloxacino, cimetidina, diltiazem, fenelzina, fluvoxamina, flunarizina, epinefrina, inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA), verapamil, propoxifeno, quinidina, miconazol, ritonavir, fentanila, amiodarona, tiamazol.>>>>

>      >>>Diminuição de efeito: rifampina, rifapentina, >Hypericum perforatum >(erva-de-são-joão), fenobarbital, antiinflamatórios não-esteróides, agonistas beta-2 adrenérgicos, sais de alumínio, barbitúricos, sais de cálcio, colestiramina, ampicilina e sulfimpirazona.>>>>

>      >>>Metoprolol aumenta o efeito de: digoxina, verapamil, diatiazem, epinefrina, fenilefrina, etanol, disopiramida, teofilina.>>>>

>      >>>Metoprolol diminui o efeito de sulfoniluréias.>>>>

>      >>>Metoprolol mascara as manifestações de hipoglicemia em pacientes que recebem insulina ou antidiabéticos orais.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>4,6>>>>>>>>

>      >>>Orientar para a importância de comunicar ao perceber qualquer sinal de efeito adverso.>>>>

>      >>>Orientar para ingerir com alimento ou imediatamente após as refeições.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>5>>>>>>>>

>      >>>Deve ser mantido em recipiente hermético, à temperatura ambiente (15 a 30°C), ao abrigo de umidade e luz direta.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal