FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Doxorrubicina

Última revisão: 16/07/2010

Comentários de assinantes: 0

Doxorrubicina (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre posologia, indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas e formas de administração.

 

REFERÊNCIA

ADRIBLASTINA RD (Pfizer); CAELYX (Schering Plough); FAULDOXO (Mayne Pharma)

 

GENÉRICO

Apresentações assinaladas com G

 

SIMILAR

BIORRUB (Biosintética); DOXOFIL (Itaca); DOXOLEM (Zodiac); DOXOPEG (Zodiac); RUBIDOX (Bergamo). Cloridrato de Doxorrubicina.

 

USO INJETÁVEL

Injetável (solução) 10 mg/5 mL

FAULDOXO

 

Injetável (solução) 20 mg/10 mL

CAELYX

 

Injetável (solução) 50 mg/25 mL

FAULDOXO

 

Armazenagem Antes de Aberto

Refrigerado (2-8ºC)

 

Injetável (pó)10 mg

ADRIBLASTINA RD; G

 

Injetável (pó) 50 mg

ADRIBLASTINA RD; G

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

Aparência do pó seco: vermelho alaranjado.

 

O QUE É

A Doxorrubicina é um antineoplásico; antibiótico [antraciclina; cloridrato de Doxorrubicina].

 

PARA QUE SERVE

Câncer da cabeça; câncer de bexiga; câncer de estômago; câncer de mama; câncer de ovário; câncer de pescoço; câncer de próstata; câncer de pulmão; câncer de rim; câncer do cérebro; leucemia linfocítica aguda; leucemia mielocítica aguda; linfoma; neuroblastoma; sarcoma; tumor de Wilms.

 

COMO AGE

A Doxorrubicina é antibiótico, mas não é usado como antimicrobiano. Atua especificamente durante a fase S da divisão celular, inibindo a síntese de DNA e RNA.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

Produto vesicante. ATENÇÃO: não injetar via intramuscular ou subcutânea.

 

Doxorrubicina (pó) 10 mg – Via Intravenosa Direta

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%; Água Estéril para Injeção.

Volume: 5 mL

Estabilidade após reconstituição: temperatura ambiente (15 - 30°C): 48 horas (sob luz normal); 24 horas (sob luz forte).

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos

 

Doxorrubicina (solução) 10 mg/5 mL – Via Intravenosa Direta

Não precisa diluir.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos

 

Doxorrubicina (solução) 20 mg/10 mL – Via Intravenosa Direta

Não precisa diluir.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos

 

Doxorrubicina (pó) 50 mg – Via Intravenosa Direta

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%; Água Estéril para Injeção. Volume: 25 mL

Estabilidade após reconstituição: temperatura ambiente (15 - 30°C): 48 horas (sob luz normal); 24 horas (sob luz forte).

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos

 

Doxorrubicina (solução) 50 mg/25 mL – Via Intravenosa Direta

Não precisa diluir.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos

 

USO INJETÁVEL – DOSES

Adultos

60 a 75 mg por m2 de superfície corporal, em dose única a cada 3 semanas (ou 25 a 30 mg por m2 de superfície corporal, em dose única diária, no 1º, 2º e 3º dias da semana, durante 4 semanas). Alterativamente, aplicar 20 mg por m2 de superfície corporal, 1 vez por semana. A dose máxima total é de 550 mg por m2 de superfície corporal (450 mg por m2 de superfície corporal em pacientes que receberam irradiação).

 

Crianças

30 mg/m2 de superfície corporal por dia, durante 3 dias consecutivos a cada 4 semanas.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classificação não disponibilizada; mas antineoplásicos devem ser evitados durante a gravidez sempre que possível (particularmente no primeiro trimestre).

 

Amamentação

Pelo risco potencial de efeitos adversos para a criança, não amamentar.

 

Não Usar o Produto

Mielossupressão (pré-existente); comprometimento da função cardíaca; tratamento prévio com doses cumulativas completas de Doxorrubicina, daunorrubicina e/ou epirrubicina.

 

Avaliar Riscos x Benefícios

histórico de doença cardiovascular; terapia prévia com antraciclinas (verificar cuidadosamente o status cardíaco do paciente); insuficiência hepática (pode aumentar a toxicidade).

 

Reações Mais Comuns (sem incidência definida)

GASTRINTESTINAL: náusea, vômito, inflamação na boca.

HEMATOLÓGICA: problema sanguíneo grave.

PELE: celulite grave e descamação de pele (áreas necrotizadas) por extravasamento do medicamento, perda de cabelos completa dentro de 3 a 4 semanas.

 

Atenção ao Utilizar Outros Produtos

A Doxorrubicina:

 

      pode aumentar as taxas de ácido úrico e exigir ajustes de doses de: probenecida; sulfimpirazona.

      pode aumentar o risco de reações adversas e/ou toxicidade com: ciclosporina; paclitaxel; progesterona; estreptozicina; verapamil; actinomicina-D; ciclofosfamida; radiação.

      pode ter efeitos aditivos depressores da medula óssea com: outros depressores da medula óssea.

      pode aumentar os riscos de toxicidade cardíaca com: daunorrubicina.

      pode aumentar os riscos de reações adversas de: vacinas de vírus vivos.

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

      tomar grande quantidade de líquidos.

      evitar contato com pessoa portadora de infecção.

      os cabelos voltar a nascer depois de 2 a 5 meses que o produto for descontinuado.

      o produto torna a urina vermelha, manchando as roupas íntimas do paciente.

      não se submeter a vacinação durante o uso desse produto, nem por muitas semanas após a descontinuação do mesmo. Pessoas que morem na mesma casa, também não devem receber vacinas durante igual período de tempo.

      cuidado para não se machucar; evitar esportes ou situações que possam provocar lesões; avisar o médico se ocorrer sangramentos.

      evitar vacinas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal