FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Rifamida

Última revisão: 02/08/2010

Comentários de assinantes: 0

Rifamida (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre interações medicamentosas, formas de administração, posologia, indicações, contra-indicações e efeitos colaterais/adversos.

 

MARCA COMERCIAL

RIFOCINA M (Sanofi-Aventis)

GENÉRICO

Não

 

USO INJETÁVEL

Injetável (solução) 75 mg/1,5 Ml

RIFOCINA M

 

Injetável (solução) 150 mg/3 mL

RIFOCINA M

 

O QUE É

A Rifamida é um antibacteriano [rifamicina (derivado)].

 

PARA QUE SERVE

Infecção por germe Gram-positivo, sempre em associação com outro antibiótico.

 

COMO AGE

A Rifamida atua nos ribossomos das bactérias inibindo a síntese de proteínas.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

Via Intramuscular – Rifamida (solução) 75 mg/1,5 mL

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

Via Intramuscular – Rifamida (solução) 150 mg/3 mL

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

Adultos

150 a 450 mg por dia, divididos em 2 ou 3 aplicações.

 

Crianças

6 a 30 mg por kg de peso corporal por dia, divididos em 2 ou 3 aplicações.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Alcoolismo; diminuição da função do fígado (pode haver toxicidade no fígado).

 

Reações que Podem Ocorrer (sem incidência definida)

DERMATOLÓGICO: coceira; erupção na pele.

GASTRINTESTINAL: problemas no estômago ou nos intestinos.

GENITURINÁRIO: urina avermelhada.

HEPÁTICO: problemas de função do fígado.

OUTRO: choque anafilático.

 

Atenção ao Utilizar Outros Produtos

A Rifamida:

 

      pode diminuir a ação de: anticoagulante oral; anticoncepcional oral; antidiabéticos orais; cloranfenicol; corticosteroide; digitálicos; disopiramida; estramustina; estrogênio; fenitoína; inibidores da protease; metadona; mexiletina; quinidina; tocainida; trimetoprima; verapamil; antifúngicos tipo azol; aminofilina; oxitrifilina; teofilina.

      pode aumentar o risco de toxicidade no fígado com: álcool; isoniazida; outros medicamentos hepatotóxicos (ver apêndice).

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

• não ingerir bebida alcoólica.

• lentes de contato podem ter sua coloração alterada pela lágrima.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal