FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Tiopental

Tiopental (Injetável) (substância ativa)

Referência: Thiopentax (Cristália)

Genérico: não

 

tiopental sódico

Uso injetável

Injetável (pó) 500 mg: Thiopentax

Injetável (pó) 1 g: Thiopentax

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Aparência do pó seco: amarelo.

 

O que é

anestésico geral de ação curta [barbiturato].

 

Para que serve

anestesia geral (para procedimentos de curta duração); convulsão (após anestesia).

 

Como age

tem ação ultracurta. Deprime o sistema nervoso central, produz hipnose e anestesia. Não tem efeito analgésico. Parece atuar aumentando as respostas ao ácido aminobutírico (GABA).

 

Como se usa

Uso injetável – Preparação

Tiopental (pó) 500 mg - Via intravenosa direta

Reconstituição

Diluente: Água Estéril para Injeção, Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: ver instruções do fabricante.

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção, Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%

refrigeração (2-8ºC): 24 h, firmemente fechado. Não administrar soluções que contenham precipitado.

 

Tiopental (pó) 1 g – Via intravenosa direta

Reconstituição

Diluente: Água Estéril para Injeção, Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: ver instruções do fabricante.

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção, Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%

refrigeração (2-8ºC): 24 h, firmemente fechado. Não administrar soluções que contenham precipitado.

 

Uso injetável – Doses

•doses em termos de Tiopental sódico.

•leia instruções do fabricante. São diversas formas de preparação, com concentrações específicas exigindo diluentes específicos.

Idosos: podem requerer doses menores em função da condição renal ou hepática.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C (ver classificação página 8)

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

histórico de hipersensibilidade a barbiturato; broncopneumonia ou diminuição da função pulmonar grave; porfiria intermitente aguda ou variegata (pode agravar); criança (segurança e eficácia não estabelecidas); quando a anestesia geral for contraindicada.

 

Avaliar riscos x Benefícios

dor aguda ou crônica (pode ocorrer excitação paradoxal ou mascaramento de sintomas importantes); paciente deprimido, com tendência suicida ou histórico de abuso de drogas; diminuição da função renal (reduzir a dose); diminuição da função renal (reduzir a dose); hipertensão ou doença pulmonar; doença cardíaca avançada; pressão intracraniana aumentada; distúrbio endócrino (hipófise, tiroide, adrenal, pâncreas); doença cardiovascular grave, hipotensão ou choque, asma ou condições que possam prolongar ou intensificar o efeito hipnótico, como pré-medicação, doença de Addison, mixedema, concentrações aumentadas de ureia no sangue, anemia grave ou miastenia grave (administrar lentamente e em dosagem reduzida).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Cardiovascular: depressão do miocárdio; perturbação do ritmo do coração.

Respiratório: depressão respiratória; estreitamento da laringe; espirros; estreitamento dos brônquios e bronquíolos; tosse.

Sistema nervoso central: sonolência prolongada; tremor.

 

Atenção com outros produtos

O Tiopental

•é incompatível com: alcurônio.

•pode potencializar ou provocar efeitos aditivos na depressão do sistema nervoso central causado por: álcool; outro depressor do sistema nervoso central (ver Apêndice).

 

Outras considerações importantes

•cuidado ao dirigir ou executar atividades que exijam atenção.

•descontinuar o uso se houver colapso vascular periférico, parada respiratória ou sinais de hipersensibilidade.

•soluções de succinilcolina, tubocurarina ou atropina não devem ser misturadas ao Tiopental, mas podem ser administradas simultaneamente no paciente.

•para testar sensibilidade, recomenda-se um pequeno teste aplicando 25 a 75 mg do produto antes de administrá-lo totalmente.

•é aconselhável a administração de um derivado da beladona, na pré-anestesia, sempre que o Tiopental for usado para induzir a anestesia geral, para diminuir o risco de laringismo.

•se não for possível controlar o paciente com doses moderadas do produto, deve-se administrar um agente anestésico suplementar, ou recorrer a outra técnica de anestesia. Insistir com o Tiopental pode conduzir a uma recuperação indevidamente prolongada ou a complicações que poderiam ser evitadas.

REMÉDIOS COM TIOPENTAL EM SUA COMPOSIÇÃO

Thiopentax

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal