FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Aciclovir - Oral e Injetável

ACICLOVIR (ORAL; INJETÁVEL) (substância ativa)

REFERÊNCIA

ZOVIRAX (GlaxoSmithKline); ACICLOVIR (Merck)

 

GENÉRICO

Assinalado com G

 

SIMILAR

          ACIBIO (Biofarma); ACIVERAL (Bunker); ACIVIRAX (Cifarma); AVIRAL (Medley); CLOVIR (Cazi); EXAVIR (UCI); EZOPEN (Teuto); HECLIVIR (Neo Química); UNI VIR (União Química); VIROTIN (Aspen Pharma)

 

Aciclovir

USO ORAL

COMPRIMIDO 200 mg:

     ZOVIRAX; G

COMPRIMIDO 400 mg:

     ACICLOVIR; G


             Aciclovir sódico equivalente a aciclovir

USO INJETÁVEL

INJETÁVEL (pó) 250 mg:

    ZOVIRAX; G

ARMAZENAGEM ANTES DE ABERTO

Temperatura ambiente (15-30°C).

 

O QUE É

Antiviral; anti-herpético [nucleosídeo].

 

PARA QUE SERVE

     Tratamento ou prevenção de: herpes simplex da pele; herpes simplex das mucosas; herpes genital; herpes zoster; varicela (em imunocomprometidos).

 

COMO AGE

Age numa enzima (DNA-polimerase), interferindo com a síntese do DNA e diminuindo assim a replicação do vírus.

 

COMO SE USA

USO ORAL – DOSES

• doses em termos de aciclovir.

• com ou sem alimento.

 

ADULTOS E ADOLESCENTES

Herpes simplex (da pele ou mucosa) (em pacientes imunocomprometidos):

200 a 400 mg, 5 vezes por dia, durante 10 dias.

Prevenção (herpes simplex da pele ou mucosa): 400 mg cada 12 horas.

Herpes genital (episódio inicial): 200 mg, 5 vezes por dia (a cada 4 horas, enquanto acordado), durante 10 dias.

Herpes genital (infecções recorrentes, com menos de 6 episódios por ano): 200 mg, 5 vezes por dia (a cada 4 horas, enquanto acordado), durante 5 dias.

Herpes genital (infecções recorrentes, com 6 ou mais episódios por ano): 400 mg, 2 vezes por dia, durante ate 12 meses.

Herpes zoster (pelo vírus Varicella zoster): 800 mg, 5 vezes por dia (a cada 4 horas, enquanto acordado), durante 7 a 10 dias.

Varicela (pelo vírus Varicella zoster) (iniciar logo aos primeiros sinais): 800 mg, 4 vezes por dia, durante 5 dias.

 

IDOSOS

Podem ser mais sensíveis aos efeitos do aciclovir sobre o sistema nervoso central.

 

CRIANÇAS

Varicela (pelo vírus Varicella zoster) (iniciar logo aos primeiros sinais) 2 a 12 anos (até 40 kg de peso): 20 mg por kg de peso (não ultrapassando 800 mg por dose), 4 vezes por dia, durante 5 dias.

2 a 12 anos (com 40 kg ou mais de peso): mesmas doses de adultos e adolescentes.

Menos de 2 anos de idade: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

ADULTOS OU CRIANÇAS COM DIMINUIÇÃO DA FUNÇÃO RENAL

Exigem doses menores ou intervalos maiores; consultar tabelas dos fabricantes.

 

USO INJETÁVEL – preparação

 

ACICLOVIR (pó) 250 mg – INFUSÃO INTRAVENOSA

 

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Agua Estéril para Injeção. Volume: 10 mL.

Estabilidade após diluição com Água Estéril para Injeção temperatura ambiente (15-30°C): 12 h.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%. Volume: pelo menos 50 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% temperatura ambiente (15-30°C): 12 h.

A refrigeração das soluções diluídas pode resultar na formação de um precipitado, que se dissolvera quando o produto voltar à temperatura ambiente.

TEMPO DE INFUSÃO: no mínimo 1 hora (infusão rápida pode induzir danos renais)

 

USO INJETÁVEL – DOSES

• doses em termos de aciclovir.

ADULTOS E ADOLESCENTES

Herpes genital grave (episódio inicial): 5 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 5 dias.

Encefalite por Herpes simplex: 10 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 10 dias.

Pacientes imunocomprometidos (infecção cutâneo-mucosa por Herpes simplex, pelos vírus Herpes simplex 1 e 2): 5 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 7 dias.

Herpes zoster (pelo vírus Varicella zoster): 10 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 7 dias.

 

LIMITE DE DOSE PARA ADULTOS: 20 mg por kg de peso por dia cada 8 h.

 

IDOSOS: podem ser mais sensíveis aos efeitos do aciclovir sobre o sistema nervoso central.

 

CRIANÇAS

Herpes simplex em recém-natos até 3 meses de idade: 10 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 10 dias.

Herpes genital grave (episódio inicial) até 12 anos de idade: 250 mg por metro quadrado de superfície corporal (ver apêndice) cada 8 horas, durante 5 dias.

12 ou mais anos de idade: mesmas doses de adultos e adolescentes.

Encefalite por Herpes simplex

Lactentes a partir de 3 meses de idade e crianças até 12 anos de idade: 20 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 10 dias.

12 ou mais anos de idade: mesmas doses de adultos e adolescentes.

 

CRIANÇAS IMUNOCOMPROMETIDAS

Infecção cutâneo-mucosa por Herpes simplex (pelos vírus Herpes simplex 1 e 2)

Lactentes e crianças até 12 anos de idade: 10 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 7 dias.

12 ou mais anos de idade: mesmas doses de adultos e adolescentes.

Herpes zoster (pelo vírus Varicella zoster) crianças com menos de 12 anos de idade: 20 mg por kg de peso cada 8 horas, durante 7 dias.

12 ou mais anos de idade: mesmas doses de adultos e adolescentes.

 

ADULTOS OU CRIANÇAS COM DIMINUIÇÃO DA FUNÇÃO RENAL

Exigem doses menores ou intervalos maiores; consultar tabelas dos fabricantes.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

RISCO NA GRAVIDEZ

     C (ver classificação página 8)

 

AMAMENTAÇÃO

     Eliminado no leite; problemas não documentados.

 

NÃO USAR O PRODUTO

    Hipersensibilidade desenvolvida ao aciclovir ou valaciclovir; criança menor de 2 anos (segurança e eficácia não estabelecidas).

 

AVALIAR RISCOS x BENEFÍCIOS:

Insuficiência renal (ajustar a dose); paciente em hemodiálise (ajustar a dose); paciente que utiliza medicamento nefrotóxico (indução de insuficiência renal e sintomas no sistema nervoso central); encefalite (risco de edema cerebral em caso de hidratação excessiva); anormalidade neurológica (pré-existente); anormalidade renal grave (pré-existente); anormalidade hepática grave (pré-existente); anormalidade eletrolítica

(pré-existente); hipóxia substancial (pré-existente).

 

REAÇÕES MAIS COMUNS (sem incidência definida)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL

Dor de cabeça, mal-estar.

 

GASTRINTESTINAL

Náusea, vômito.

 

Uso Injetável

DERMATOLÓGICO

Inflamação no local da injeção.

 

ATENÇÃO COM OUTROS PRODUTOS

O ACICLOVIR:

pode aumentar o potencial de danos aos rins com: medicamento nefrotóxico (ver Apêndice); estreptozocina; cidofovir.

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

• descontinuar o uso se ocorrerem sinais de hipersensibilidade ou reações neurológicas.

• o medicamento não é a cura para a herpes genital, e como é uma doença sexualmente transmissível, deve-se evitar contato sexual enquanto lesões visíveis estiverem presentes devido ao risco de contaminar o parceiro.

• ingerir bastante líquido.

 

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal