FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Escitalopram

Escitalopram (Oral) (substância ativa)

Referência: Lexapro (Lundbeck)

Genérico: assinalado com G

Similar: Exodus (Aché); Espran (Torrent)

 

oxalato de escitalopram equivalente a escitalopram 

Uso oral

Comprimido 10 mg: Lexapro; G

Comprimido 15 mg: Lexapro; G

Comprimido 20 mg: Lexapro; G

Gotas 10 mg/mL: Lexapro

Gotas 20 mg/mL: Lexapro; G

 

O que é

antidepressivo [inibidor seletivo da recaptação da serotonina; serotoninérgico].

 

Para que serve

depressão mental maior.

 

Como age

inibe a recaptação da serotonina, aumentando a atividade serotoninérgica no sistema nervoso central. As recaptações da norepinefrina e da dopamina são pouco afetadas.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Escitalopram.

•tomar o medicamento com ou sem alimento.

Adultos

iniciar com 10 mg, em dose única diária; após no mínimo 1 semana, a dose pode ser aumentada para 20 mg por dia.

Idosos ou paciente com diminuição da função do fígado: 10 mg, em dose única diária.

Paciente com diminuição da função renal (leve a moderada): não é necessário ajustar dose.

Crianças: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

hipersensibilidade conhecida ao produto ou ao citalopram.

 

Avaliar riscos x Benefícios

história de abuso de drogas; diminuição da função do fígado (exige doses menores); história de mania ou hipomania (pode reativar); diminuição grave da função renal (falta experiência com estes pacientes); história de convulsões (podem ser desencadeadas).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida):

Gastrintestinal: náusea.

Sistema nervoso central: insônia; sonolência; fadiga.

Outros: ejaculação precoce; diminuição do desejo sexual; suores; falta de orgasmo.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

O escitalopram

•pode aumentar o risco de sangramento com: aspirina, anti-inflamatório não esteroide, medicamento que afeta a coagulação.

•pode ter sua eliminação aumentada por: carbamazepina.

•pode ter seus níveis aumentados por: cimetidina.

•pode causar efeitos aditivos com: citalopram. Não associar.

•pode causar efeitos aditivos com: medicamento com ação no sistema nervoso central.

•pode aumentar os níveis de: desipramina; medicamento metabolizado por CYP2D6.

•pode ter seus efeitos serotoninérgicos aumentados por: lítio. Monitorar concentração de lítio.

•pode apresentar reações adversas graves e até fatais com:

IMAO (inibidor da monoamina-oxidase). Aguardar pelo menos 14 dias da terapia com IMAO.

•pode aumentar os efeitos serotoninérgicos com: triptano.

•pode causar síndrome de serotonina com: tramadol.

 

Outras considerações importantes

•não ingerir bebida alcoólica.

•cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

•pacientes com tendência suicida devem ter supervisão constante particularmente no início do tratamento; não devem ter acesso a grandes quantidades do produto.

REMÉDIOS COM ESCITALOPRAM EM SUA COMPOSIÇÃO

Exodus

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal