FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Estriol

Estriol (oral; vaginal) (substância ativa)

Referência: ovestrion (Schering Plough)

Genérico: não

Similar: estriopax (Neo Química)

 

Uso oral

Comprimido 1 mg: ovestrion

Comprimido 2 mg: ovestrion

 

Uso vaginal

Creme vaginal 1 mg/g: ovestrion

 

O que é

hormônio sexual feminino [estrogênio; estradiol (metabólito)].

 

Para que serve

deficiência de estrogênio; hiperplasia escamosa vulvar; menopausa (sintomas vasomotores da); terapia pré e pós-operatória (em mulheres na pós-menopausa submetidas à cirurgia vaginal); vaginite atrófica.

 

Como age

estrogênios são essenciais para o funcionamento do sistema reprodutor feminino. Estrogênios diminuem a liberação do hormônio liberador de gonadotropina, interferindo com a liberação de gonadotropinas pela hipófise (diminui a liberação de hormônio luteinizante e hormônio folículo-estimulante). Inibem a ovulação e impedem o engurgitamento das mamas no pós-parto. Inibem a reabsorção óssea. Também diminuem as concentrações da testosterona.

Estrogênios vaginais agem aliviando os sintomas do epitélio vulvovaginal atrofiado.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Estriol.

•tomar o produto em dose única, sem mastigar o comprimido.

•para evitar náuseas, tomar a medicação com alguma refeição ou na hora de deitar.

Adultos

vaginite atrófica: 4 a 8 mg por dia. Depois de algumas semanas, reduzir a dosagem para a 1 a 2 mg por dia (dose de manutenção). terapia pré e pós-operatória (mulheres na menopausa submetidas a cirurgia vaginal): 4 a 8 mg por dia, durante as 2 semanas que antecederem a cirurgia e 1 a 2 mg por dia, em dose única, durante as 2 semanas que sucederem a cirurgia.

sintomas da menopausa (como fogacho e sudorese noturna): 4 a 8 mg por dia, durante algumas semanas. Reduzir então as doses gradualmente, até atingir a menor dose eficaz para manutenção.

Limite de doses para adultos: 8 mg por dia, não devendo ser tomada por mais do que algumas semanas.

 

Uso vaginal – Doses

• doses em termos de Estriol.

Adultos

vaginite atrófica; hiperplasia escamosa vulvar: 1 aplicação por dia, durante as primeiras semanas; a seguir fazer redução gradual, de acordo com o alívio dos sintomas, até chegar a 1 aplicação, 2 vezes por semana, como dose de manutenção. terapia pré e pós-operatória (mulheres na menopausa submetidas a cirurgia vaginal): 1 aplicação por dia, 2 semanas antes da cirurgia. Após a cirurgia, fazer 1 aplicação, 2 vezes por semana, durante 2 semanas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe X

 

Amamentação

eliminado no leite. Não amamentar.

 

Não usar o produto

neoplasia dependente de estrogênio conhecida ou suspeita; tromboflebite ou distúrbio tromboembólico ativo; sangramento vaginal anormal e não diagnosticado.

 

Avaliar riscos x Benefícios

hipercalcemia associada com câncer ósseo ou metástase de câncer de mama (pode ocorrer grave hipercalcemia); história de tromboflebite, distúrbio tromboembólico ou trombose induzida por estrogênio.

 

Reações que podem ocorrer (sem incidência definida):

Cardiovascular: aumento da pressão arterial. 

Endócrino-metabólico: retenção de líquidos; sensibilidade ou dor mamária.

Gastrintestinal: náusea; problemas na boca; vômito.

Geniturinário: aumento de secreção uterina; coceira ou irritação local (com o creme vaginal); sangramento vaginal.

Musculoesquelético: cãibras.

Oftálmico: distúrbio de visão.

Sistema nervoso central: dor de cabeça.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

O estriol

•pode interferir com os efeitos de: bromocriptina (não associar).

•pode aumentar a ação e/ou os efeitos tóxicos de: ciclosporina.

•pode aumentar o risco de toxicidade no fígado com: medicação hepatotóxica (dantroleno; isoniazida) (ver Apêndice).

 

Outras considerações importantes

•mulheres na pós-menopausa, que fazem uso do produto em esquema cíclico, podem ter sangramentos na semana em que o produto não é usado. Porém a fertilidade não foi restabelecida e a ovulação não ocorre.

•descontinuar o uso pelo menos 4 semanas antes de cirurgias associadas com risco de tromboembolismo ou durante períodos de imobilização prolongada.

•mulheres em idade fértil, que não tenham intenção de engravidar, devem usar anticoncepcionais não hormonais durante o tratamento com este produto.

REMÉDIOS COM ESTRIOL EM SUA COMPOSIÇÃO

Estriol Creme Vag
Estriopax
Hormoniol
Ovestrion Compr
Ovestrion Creme Vag
Styptanon

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal