FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Oprelvecina

Oprelvecina (Injetável) (substância ativa)

Referência: Plaquemax (Bergamo)

Genérico: não

 

Uso injetável

Injetável (pó) 5 mg: Plaquemax

 

Armazenagem antes de aberto

Refrigeração (2 - 8°C).

Não congelar.

 

O que é

hematopoiético [interleucina recombinante humano; origem DNA recombinante].

 

Para que serve

trombocitopenia (profilaxia).

 

Como age

é um fator do crescimento das plaquetas que estimula a proliferação e a maturação de megacariócitos e assim a produção das plaquetas.

 

Como se usa

Uso Injetável – Preparação

Oprelvecina (pó) 5 mg – Via Subcutânea

Reconstituição

Diluente: Água Estéril (acompanha o produto). Volume: 1 mL. Girar o frasco gentilmente até que o pó seja dissolvido. Não agitar o frasco.

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril temperatura ambiente (15 - 25°C): 3 horas. refrigeração (2 - 8ºC): 3 horas.

Descartar sobras. Não armazenar a solução reconstituída em uma seringa.

Administração: recomenda-se a injeção subcutânea única no abdômen, na coxa ou no quadril (no braço, se o paciente for fazer a aplicação).

 

Uso injetável – Doses

• doses em termos de Oprelvecina.

Adultos

trombocitopenia (profilaxia): 50 mcg por kg de peso corporal, uma vez por dia. Iniciar a dosagem entre 6 e 24 horas após o término da quimioterapia e continuar até que a contagem de plaquetas pós-nadirseja 50.000 células por microlitro ou mais. Recomenda-se que um único tratamento não exceda 21 dias. Recomenda-se interromper o tratamento pelo menos dois dias antes do próximo ciclo planejado de quimioterapia.

Crianças

trombocitopenia (profilaxia): eficácia não estabelecida.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

não se sabe se o produto é eliminado no leite materno. Não amamentar.

 

Não usar o produto

quimioterapia mieloablativa.

 

Avaliar riscos x Benefícios

história de arritmia atrial; insuficiência cardíaca congestiva; acúmulo pré-existente de líquido (incluindo ascite ou efusões pleurais); condição médica associada com retenção de líquido; condição médica agravada por retenção de líquido; papiledema existente ou tumor que envolva o sistema nervoso central; sensibilidade ao produto.

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Sistema nervoso central: fraqueza, febre, dor de cabeça, insônia, tontura, síncope.

Cardiovascular: fibrilação atrial, aumento dos batimentos do coração, palpitação, inchaço.

Oftálmico: congestão conjuntival.

Gastrintestinal: candidíase oral, náusea, vômito, diarreia.

Dermatológico: erupção.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

A Oprelvecina

•pode aumentar o risco de diminuição grave do potássio no sangue com: diurético.

REMÉDIOS COM OPRELVECINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Neumega

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal