FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Pitavastatina

Pitavastatina (Oral) (substância ativa)

Referência: Livalo (Lilly)

Genérico: não

 

pitavastatina cálcica equivalente a pitavastatina 

Uso oral

Comprimido 2 mg: Livalo

Comprimido 4 mg: Livalo

 

O que é

antilipêmico; redutor do colesterol; redutor de triglicérides [inibidor da redutase HMG-CoA; estatina].

 

Para que serve

hipertrigliceridemia; hipercolesterolemia; hiperlipidemia.

 

Como age

inibe seletivamente a redutase HMG-CoA (hidroximetilglutaril-coenzima A], uma enzima necessária para a síntese do colesterol. Reduz o colesterol total, o LDL-colesterol, oVLDL-colesterol, a apolipoproteína B e os triglicérides.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Pitavastatina.

•adotar dieta-padrão antes de iniciar o tratamento com a Pitavastatina.

Adultos

2 mg por dia (pode variar de 1 a 4 mg por dia). Dose máxima em 24 horas: 4 mg.

Idosos: mesmas doses de adultos.

Crianças: eficácia e segurança não estabelecidas.

Diminuição da função renal

CLEARANCE de creatinina menor que 30 mL/minuto: não usar o produto.

CLEARANCE entre 30 e 60 mL/minuto: 1 mg por dia (máximo 2 mg por dia).

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe X

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

doença ativa no fígado ou aumento inexplicável, persistente, na concentração de aminotransferase.

 

Avaliar riscos x Benefícios

paciente com história anterior de doença no fígado (rabdomiólise pode ocorrer).

 

Reações mais comuns

dor nas costas; constipação intestinal; diarreia; dor muscular; alterações de enzimas do fígado.

 

Atenção com outros produtos

A Pitavastatina

•pode aumentar o risco de problemas musculares, como a rabdomiólise (ver Apêndice) com: antifúngico do tipo azol (cetoconazol, fluconazol, itraconazol e outros); ciclosporina; eritromicina; niacina; genfibrozila; clofibrato.

 

Outras considerações importantes

•evitar uso de álcool.

•cuidado com cirurgias, inclusive procedimentos dentários de emergência.

•cuidado com suplementos vitamínicos contendo niacina (ácido nicotínico) (risco maior de rabdomiólise – ver Apêndice).

•suspender o produto antes de grande cirurgia, pelo risco de insuficiência renal por rabdomiólise (ver Apêndice).

•checar: função hepática (fígado) antes do tratamento e periodicamente; lípides; creatinoquinase (se houver suspeita de doença muscular).

•o produto está contraindicado na gravidez e em mulheres que planejem engravidar a curto prazo. Se ocorrer gravidez, avisar imediatamente o médico.

•como o produto interfere com a síntese do colesterol, ele pode teoricamente interferir com a produção de hormônios esteroides (da suprarrenal ou das gônadas). Avaliar portanto pacientes que desenvolvam disfunções endócrinas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal