FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Lercanidipino

>>>Lercanidipino (Oral) (substância ativa)>>>>>>>

>>>Referência: >>Zanidip (Medley)>>>>>>

>>>Genérico: >>não>>>>>>

>>> >>>>

>>>cloridrato de lercanidipino >>>>>>

>>>Uso oral>>>>>>

>>>Comprimido revestido 10 mg:>> Zanidip >>>>>>

>>>Comprimido revestido 20 mg:>> Zanidip>>>>>>

>>> >>>>

>>>O que é>>>>>>>

>>>anti-hipertensivo [diidropiridina; bloqueador do canal de cálcio].>>>>>>

>>> >>>>

>>>Para que serve >>>>>>>

>>>hipertensão arterial.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Como age>>>>>>>

>>>diminui a concentração de cálcio no interior das células da musculatura lisa vascular, relaxando essa musculatura e consequentemente diminuindo a resistência vascular periférica. Absorção: gastrintestinal (completamente); a biodisponibilidade da lercanidipina aumenta em 4 vezes quando ingerida até duas horas após uma refeição rica em gorduras. Biotransformação:> extensa no fígado (provavelmente via citocromo P450 3A4) (metabólitos inativos). Ação - nível plasmático (pico):> entre 1,5 e 3 horas; duração da ação: 24 horas.>>>>>>

>>>Eliminação:>> urina (50%, como metabólitos inativos).>>>>>>

>>> >>>>

>>>Como se usa>>>>>>>

>>>Uso oral>> Doses>>>>>>>

>>>• doses em termos de cloridrato de lercanidipino.>>>>>>

>>>Adultos>>>>>>>

>>>hipertensão:>> 10 mg, em dose única diária, pelo menos 15 minutos antes de refeição; de acordo com a resposta clínica, a dose pode ser ajustada gradativamente, a cada 2 semanas, até 20 mg por dia.>>>>>>

>>>Se não houver resposta clínica adequada, pode-se incluir um diurético tiazídico (hidroclorotiazida), um betabloqueador (atenolol) ou um inibidor da ECA (enzima conversora da angiotensina).>>>>>>

>>>Limite de dose para adultos:>> 30 mg por dia.>>>>>>

>>>Idosos:>> podem ser mais sensíveis às doses usuais.>>>>>>

>>>Paciente com diminuição leve a moderada da função renal ou do fígado:>> usar com cautela.>>>>>>

>>>Paciente com diminuição grave da função do fígado ou renal (clearance de creatinina menor que 10 mL/minuto):>> não utilizar.>>>>>>

>>>Crianças e Adolescentes:>> eficácia e segurança não estabelecidas até os 18 anos de idade.>>>>>>>

>>> >>>>

>>>Cuidados especiais>>>>>>>

>>>Risco na gravidez>>>>>>>

>>>não usar.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Amamentação>>>>>>>

>>>não se sabe se é eliminado no leite; não amamentar.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Não usar o produto>>>>>>>

>>>angina instável; até 1 mês após infarto do miocárdio; disfunção grave renal ou do fígado; estenose aórtica (aumenta risco de insuficiência cardíaca); gravidez ou mulheres com potencial para engravidar (que não usam métodos contraceptivos); insuficiência cardíaca não tratada.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Avaliar riscos x Benefícios>>>>>>>

>>>disfunção do ventrículo esquerdo; doença isquêmica cardíaca; síndrome sinusal sem utilização de marcapasso.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Reações mais comuns (sem incidência definida)>>>>>>>

>>>Cardiovascular:>> aumento dos batimentos cardíacos; inchaço nas pernas ou pés; palpitação; vermelhidão na face.>>>>>>

>>>Dermatológico:>> erupção na pele.>>>>>>

>>>Gastrintestinal:>> azia; diarreia; dor na boca do estômago; náusea; vômito.>>>>>>

>>>Geniturinário:>> aumento da urina.>>>>>>

>>>Musculoesquelético:>> dor muscular.>>>>>>

>>>Sistema nervoso central:>> dor de cabeça; fadiga; fraqueza; sonolência; tontura.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Atenção com outros produtos>>>>>>>

>>>O Lercanidipino>>>>>>

>>>•pode ter sua ação potencializada por: álcool.>>>>>>

>>>•pode aumentar os efeitos hipotensores com: betabloqueador que sofre metabolização no fígado (propranolol, metoprolol).>>>>>>

>>>•pode aumentar o risco de toxicidade de: digoxina.>>>>>>

>>>•pode ter sua ação aumentada por: cimetidina (se cimetidina for usada em doses acima de 800 mg por dia).>>>>>>

>>>•pode ter sua metabolização alterada por: indutores do citocromo P450 3A4 (fenitoína, carbamazepina, rifampicina); inibidores do citocromo P450 3A4 (cetoconazol, itraconazol, eritromicina, fluoxetina); outro substrato da enzima como terfenadina, astemizol, ciclosporina, antiarrítmico classe II (amiodarona, quinina), benzodiazepínico (diazepam, midazolam), propranolol e metoprolol.>>>>>>

>>>•pode ter sua ação diminuída por: anticonvulsivante.>>>>>>

>>> >>>>

>>>Outras considerações importantes>>>>>>>

>>>•controlar rotineiramente a pressão arterial.>>>>>>

>>>•cuidado ao dirigir veículos ou executar tarefas que exijam atenção.>>>>>>

>>>•evitar a prática de exercícios pesados; discutir os limites com o médico.>>>>>>

>>>•manter boa higiene bucal e visitar periodicamente o dentista para evitar sensibilidade, sangramento ou aumento (hiperplasia) da gengiva.>>>>>>

>>>•evitar sal em excesso.>>>>>>

>>>•não interromper a medicação sem consulta médica; pode ser necessária a redução gradual das doses.>>>>>>

>>>•checar periodicamente: batimentos do coração; eletrocardiograma.>>>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal