FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Vimblastina

Vimblastina (Injetável) (substância ativa)

Referência: Faulblastina (Libbs)

Genérico: não

 

sulfato de vimblastina

Injetável (solução) 10 mg/10 mL: Faulblastina

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura entre 2-8ºC.

Proteção à luz: sim, necessária.

 

O que é

antineoplásico [alcaloide da vinca; inibidor mitótico].

 

Para que serve

câncer de mama; tumor trofoblático gestacional; câncer de testículo; câncer de rim; linfoma de Hodgkin; linfomanão-Hodgkin; sarcoma de Kaposi; histiocitose X; micose fungoide; tumor de ovário (célula germinativa).

 

Como age

a Vimblastina, assim como outros alcalóides da vinca, exerce seus efeitos citotóxicos ligando-se à tubulina que é uma subunidade proteica dos microtúbulos que formam o fuso mitótico.

 

Como se usa

Uso injetável – Preparação

• exclusivamente por Via Intravenosa (de preferência por Via Intravenosa Direta).

Atenção: produto vesicante. Não aplicar por Via Intramuscular. Atenção: a solução preparada para uso deve ser embalada e lacrada com as seguintes advertências:

Não retirar a cobertura até antes do uso. Uso exclusivamente por via intravenosa. Fatal se administrada por via intratecal.

 

Vimblastina (solução) 10 mg/10 mL – Via intravenosa direta

Tempo de injeção: 1 minuto.

 

Vimblastina (solução) 10 mg/10 mL – Infusão intravenosa

Atenção: sempre que possível evitar a infusão intravenosa.

 

Diluição

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: máximo 100 mL.

Estabilidade após diluição: não armazenar, deve ser utilizado imediatamente.

Tempo de infusão: máximo 30 minutos.

 

Uso injetável – Doses

• doses em termos de sulfato de Vimblastina.

Adultos

inicialmente: 0,1 mg por kg de peso por semana, com aumentos sucessivos semanais da ordem de 0.05 mg por kg de peso, até que a contagem de leucócitos caia para 3.000 por metro cúbico, ou ocorra a diminuição do tamanho do tumor, ou até que a dose máxima de 0,5 mg por kg de peso seja alcançada. manutenção: dosagem com pequeno incremento sobre a dose final inicial, a cada 7 dias; ou 10 mg, uma ou duas vezes por mês. Atenção: cada dose subsequente não deve ser administrada até que a contagem de leucócitos após a dose precedente retorne a 4.000 por milímetro cúbico (ainda que se passem mais de 7 dias).

Paciente com bilirrubina acima de 3 mg/100 mL (3 mg/ dL): as doses devem ter uma redução de 50%.

Idosos: podem ter resposta leucopênica mais acentuada, se estiverem desnutridos ou com úlceras de pele.

Crianças e Adolescentes

inicialmente: 2,5 mg por metro quadrado de superfície corporal por semana, com aumentos sucessivos semanais da ordem de 1,25 mg por metro quadrado de superfície corporal, até que a contagem de leucócitos caia para 3.000 por metro cúbico, ou ocorra a diminuição do tamanho do tumor, ou até que a dose máxima de 7,5 mg por metro quadrado de superfície corporal seja alcançada.

manutenção: dosagem com pequeno incremento sobre a dose final inicial, a cada 7 dias.

Atenção: cada dose subsequente não deve ser administrada até que a contagem de leucócitos após a dose precedente retorne a 4.000 por milímetro cúbico (ainda que se passem mais de 7 dias).

Crianças e adolescentes com bilirrubina acima de 3 mg/100 mL: as doses devem ter uma redução de 50%.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe D

 

Amamentação

não se sabe se o produto é eliminado no leite. Pelo risco potencial para o lactente, não amamentar.

 

Não usar o produto

alergia ao produto ou aos alcaloides da vinca; infecção bacteriana grave; granulocitopenia; administração intratecal; obstrução intestinal; íleo paralítico; mulher com possibilidade de engravidar.

 

Avaliar riscos X Benefícios

depressão da medula óssea; neuropatia; doença neuromuscular; doença pulmonar; diminuição da função hepática; caquexia (maior rico de leucopenia); úlceras na pele (maior rico de leucopenia); isquemia cardiovascular; idoso; tratamento anterior com medicamento citotóxico ou radioterapia; infecção bacteriana; infecção viral (como herpes zoster ou varicela).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Cardiovascular: pressão alta.

Dermatológico: perda de cabelos.

Gastrintestinal: constipação.

Hematológico: problema sanguíneo grave; diminuição de leucócitos no sangue; diminuição de células do sangue.

Musculoesquelético: dor nos ossos; dor no maxilar; dor tumoral.

Sistema nervoso central: mal-estar.

 

Atenção com outros produtos

A Vimblastina

•pode aumentar as taxas de ácido úrico e exigir ajustes de doses de: alopurinol; colchicina; probenecida; sulfimpirazona.

•pode ter seus efeitos leucopênicos (diminuição dos glóbulos brancos) e trombocitopênicos (diminuição das plaquetas) aumentados por: medicamento que produz discrasias sanguíneas.

•pode ter efeitos aditivos depressores da medula óssea com: outro depressor da medula óssea; radioterapia.

•pode diminuir a resposta a: vacina de vírus mortos.

•pode aumentar o risco de reações adversas de: vacina de vírus vivos.

 

Outras considerações importantes

•tomar líquidos em abundância durante o tratamento.

•a queda de cabelos é reversível (eles voltam a crescer após o tratamento).

•evitar contato com pessoa portadora de infecção.

•cuidado com esportes ou situações que possam provocar lesões; avisar o médico se ocorrer sangramentos.

•evitar vacinas.

•acompanhamento laboratorial, particularmente exames hematológicos.

•tomar cuidado para evitar contato do produto com os olhos (causa grave irritação e até ulceração da córnea). Se ocorrer contato, lavar com bastante água.

•acompanhamento laboratorial: testes de função do fígado; hematócrito; hemoglobina; plaquetas; leucócitos; ácido úrico.

REMÉDIOS COM VIMBLASTINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Faulblastina
Velban

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal