Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Haloperidol

HALOPERIDOL (ORAL INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Referência

HALDOL (Janssen-Cilag); HALDOL DECANOATO (Janssen-Cilag)

 

Genérico

Apresentação assinalada com G

 

Similar

DECAN HALOPER (União Química); HALO DECANOATO (Cristália); UNI HALOPER (União Química)

 

Haloperidol

Uso oral

Comprimido 1 mg

HALDOL

 

Comprimido 5 mg

HALDOL

 

Gotas 2 mg/mL

HALDOL; G

 

Uso injetável

Injetável (solução) 5 mg/1 mL

HALDOL

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15°-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

Atenção: em hipótese alguma colocar o HALOPERIDOL em geladeira.

 

Haloperidol decanoato equivalente a haloperidol

Uso injetável

Injetável (solução) 50 mg/1 mL

HALDOL DECANOATO

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15°-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

Atenção: em hipótese alguma colocar o HALOPERIDOL em geladeira.

 

O que é

Antipsicótico [butirofenona].

 

Para que serve

Síndrome de Tourette (tratamento de tics e pronúncia vocal); delírio; hiperatividade e déficite de atenção em crianças.

 

Como age

A ação antipsicótica parece devida ao bloqueio dos receptores pós-sinápticos da dopamina no sistema nervoso central. Aumenta o denominado “turnover” de dopamina pelo cérebro.

 

Como se usa

USO ORAL – DOSES

     doses em termos de HALOPERIDOL.

     com alimento.

 

Adultos

     distúrbio psicótico (com sintomatologia moderada): 0,5 a 2 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

     distúrbio psicótico (com sintomatologia acentuada): 3 a 5 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

     paciente crônico ou resistente: 3 a 5 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

     síndrome de Tourette: 0,5 mg a 5 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

     Atenção: as doses devem ser subsequentemente ajustadas de acordo com a tolerabilidade do paciente e resposta clínica.

 

Idosos ou pacientes debilitados

     0,5 a 2 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

     Idosos são mais suscetíveis aos efeitos adversos do produto.

 

Crianças de 3 a 12 anos (com peso entre 15 kg a 40 kg)

     distúrbio psicótico: 0,05 a 0,15 mg por kg de peso corporal por dia, divididos em 2 ou 3 vezes.

     distúrbio do comportamento; síndrome de Tourette: 0,05 a 0,075 mg por kg de peso corporal por dia, divididos em 2 ou 3 vezes.

     Atenção: aumentos na dosagem podem ser feitos a cada 5 ou 7 dias, na base de 0,5 mg por vez, de acordo com a tolerabilidade da criança e resposta clínica. Não há evidências de melhora de comportamento com doses que ultrapassem 6 mg por dia.

 

Crianças com menos de 3 anos de idade

     eficácia e segurança não estabelecidas.

 

USO INJETÁVEL

 

HALOPERIDOL (solução) 5 mg/1 mL – VIA INTRAMUSCULAR

     Administração: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

HALOPERIDOL (decanoato) (solução) 50 mg/1 mL – VIA INTRAMUSCULAR

     somente por Via Intramuscular.

     em um mesmo local, o volume máximo por injeção é de 3 mL.

     Administração: nas nádegas (quadrante superior externo), com a técnica de tração em Z.

 

INÍCIO: HALOPERIDOL (solução) 5 mg/1 mL – VIA INTRAMUSCULAR

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de HALOPERIDOL.

     a dose injetável inicial é equivalente a 15 ou 20 vezes a dose oral que se estava usando, até um máximo inicial de 100 mg por mês; a seguir vai-se aumentando até ajustar as doses mensais de acordo com a tolerabilidade e resposta clínica.

 

Adultos

     psicose aguda: inicialmente 2 a 5 mg, via intramuscular; a dose pode ser repetida a cada hora, se necessário; ou a cada 4 a 8 horas, se os sintomas estiverem sendo controlados.

     Atenção: para rápido controle da psicose ou delírio: o HALOPERIDOL pode também ser utilizado por via intravenosa, em doses de 5 a 50 mg, à velocidade de 5 mg por minuto; a dose pode ser repetida a intervalos de 30 minutos.

     Limite de dose para adultos: 100 mg por dia.

 

Idosos

     são mais suscetíveis aos efeitos adversos do produto.

 

Crianças

     eficácia e segurança não estabelecidas.

 

MANUTENÇÃO

HALOPERIDOL (decanoato) (solução) 50 mg/1 mL – VIA INTRAMUSCULAR

 

Adultos

     psicose crônica (tratamento prolongado): de 50 a 150 mg, a cada 4 semanas.

     Limite de dose para adultos: 300 mg por mês.

 

Idosos

     são mais suscetíveis aos efeitos adversos do produto.

 

Crianças

     eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Eliminado no leite. Não amamentar.

 

Não usar o produto

Alteração no sangue; colapso circulatório; coma; criança menor de 3 anos (forma oral); crianças de qualquer idade não devem receber a forma injetável; depressão da medula óssea; depressão endógena; desordem cerebral ou depressão do sistema nervoso central; doença cardíaca grave; em crianças (forma injetável); encefalopatia orgânica grave; problema grave nos rins; problema neurológico.

 

Avaliar riscos x benefícios

Alcoolismo; angina do peito; arritmia cardíaca; bloqueio cardíaco; cor amarelada na pele ou nos olhos; diminuição do cálcio no sangue; doença respiratória; encefalite; epilepsia; feocromocitoma; glaucoma; hipertrofia da próstata; insuficiência cardíaca congestiva; mal de Parkinson; problema nos rins ou no fígado; problema em válvula do coração; retenção urinária; síndrome de Reye (doença grave no fígado e cérebro); traumatismo na cabeça; tireotoxicose.

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Alteração do tônus muscular; impossibilidade de permanecer quieto; pseudoparkinsonismo.

 

Atenção com outros produtos

O HALOPERIDOL:

 

     pode aumentar os efeitos anticolinérgicos e piorar o glaucoma com: anticolinérgico.

     pode aumentar a depressão do sistema nervoso central com: álcool; outro depressor do sistema nervoso central.

     pode causar letargia e confusão após altas doses de: lítio. Monitorar o paciente.

     pode causar demência com: metildopa. Monitorar o paciente.

     pode ter seus níveis diminuídos com: rifampicina. Monitorar o paciente.

 

Outras considerações importantes

     não ingerir bebida alcoólica.

     cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

     o paciente pode apresentar movimentos anormais do corpo.

     não descontinuar o uso do produto abruptamente.

     os efeitos da medicação só se fazem sentir plenamente após 2 semanas do início do tratamento.

     o produto pode diminuir a transpiração e a liberação do calor do corpo. Evitar exercícios extenuantes bem como banhos muito quentes ou saunas.

REMÉDIOS COM HALOPERIDOL EM SUA COMPOSIÇÃO

Haldol Gotas
Haloper

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal