FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Micofenolato

Micofenolato (Oral) (substância ativa)

Referência: Cellcept (Roche); Myfortic (Novartis)

Genérico: assinalado com G

 

micofenolato de mofetila 

Uso oral

Comprimido de 500 mg: Cellcept; G

 

micofenolato de sódio equivalente a ácido micofenólico 

Uso oral

comprimido de de liberação prolongada 180 mg: Myfortic

comprimido de de liberação prolongada 360 mg: Myfortic

 

O que é

imunossupressor.

 

Para que serve

rejeição de órgão (em transplantes: cardíaco; renal; hepático) (profilaxia). Administrado em combinação com ciclosporina e corticosteroides.

 

Como age

inibe a resposta inflamatória mediada imunologicamente pelos linfócitos T e B. O Micofenolato mofetil é a pró-droga (praticamente sem ação terapêutica) que é hidrolizada em ácido micofenólico que é o metabólito ativo.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Micofenolato de mofetila (CELLCEPT) ou em termos de ácido micofenólico (MYFORTIC).

•tomar em jejum, sempre à mesma hora do dia.

•engolir inteiro, não esmagar (devido ao seu potencial teratogênico).

Adultos

Micofenolato de mofetila

rejeição de transplante cardíaco (profilaxia)

1,5 g, 2 vezes por dia, o mais rápido possível após a cirurgia de transplante, em combinação com ciclosporina e corticosteroides.

rejeição de transplante renal (profilaxia): 1 g, 2 vezes por dia, o mais rápido possível após a cirurgia de transplante renal, em combinação com ciclosporina e corticosteroides. Em pacientes com insuficiência renal crônica, evitar doses maiores do que 1 g por dia e observá-los.

rejeição de transplante hepático (profilaxia)

1,5 g, 2 vezes por dia, o mais rápido possível após a cirurgia de transplante hepático, em combinação com ciclosporina e corticosteroides.

ácido micofenólico

rejeição de transplante renal (profilaxia): 720 mg, 2 vezes por dia, o mais rápido possível após a cirurgia de transplante, em combinação com ciclosporina e corticosteroides.

Crianças de 3 meses a 18 anos de idade

Micofenolato de mofetila

rejeição de transplante renal (profilaxia): pacientes com superfície corporal de 1.25 – 1.50 m², podem receber dosagem de 750 mg, duas vezes por dia. Pacientes com superfície corporal maior que 1,50 m², podem receber dosagem de 1g, 2 vezes por dia.

ácido micofenólico

rejeição de transplante renal (profilaxia): pacientes com superfície corporal de 1,19 – 1,58 m² podem receber dosagem diária de 1080 mg. Pacientes com superfície corporal maior que 1,58 m² podem receber dosagem diária de 1440 mg.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe D

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite materno; não amamentar.

 

Não usar o produto

bloqueio atrioventricular de segundo ou terceiro grau (a menos que tenha um marcapasso no local) ou choque cardiogênico; hipersensibilidade conhecida ao produto ou qualquer componente de sua formulação.

 

Avaliar riscos x Benefícios

insuficiência hepática (monitorar o paciente); arritmia menos grave (não recomendado); pacientes com bloqueio atrioventricular pré-existente, disfunção do nodo sinusial ou distúrbio da condução nodo sinusal (usar com cuidado); paciente com bloqueio atrioventricular de segundo ou terceiro grau e um marcapasso (monitorar o paciente); paciente com hipotensão e insuficiência cardíaca congestiva (pode agravar); mudança hematológica (se ocorrer, avaliar o paciente para descontinuar ou não o produto); convulsão (se ocorrer, descontinuar o produto).

 

Reações que podem ocorrer (sem incidência definida)

Sistema nervoso central: fraqueza, febre, dor de cabeça, tremor.

Cardiovascular: dor no peito, inchaço, pressão alta.

Gastrintestinal: dor abdominal, constipação, diarreia, má digestão, náusea, candidíase oral, vômito.

Geniturinário: aumento dos glóbulos vermelhos na urina, infecção do trato urinário.

Hematológico: anemia, diminuição de leucócitos no sangue, diminuição das plaquetas no sangue.

Metabólico: hipercolesterolemia, aumento da glicose no sangue, diminuição do potássio no sangue, diminuição de fosfato no sangue.

Musculoesquelético: dor nas costas.

Respiratório: tosse, dificuldade para respirar, infecção.

Dermatológico: espinhas.

Outros: dor, infecção.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

O Micofenolato

•pode ter sua concentração aumentada por (não associar): antiácido que contenha magnésio ou hidróxido de alumínio.

•pode aumentar o risco de depressão da medula óssea com: azatioprina.

•pode aumentar o risco de desenvolvimento de linfomas e outras lesões malignas da pele com: outro imunossupressor (globulina antitimócito, azatioprina, clorambucil, glicocorticoide, ciclofosfamida, ciclosporina, mercaptopurina, muromonabe-CD3, tacrolimo).

 

Outras considerações importantes

•tratamentos dentários devem terminar antes do início do tratamento com este produto.

•evitar contato com portadores de infecção.

•manusear a medicação com cuidado (risco de possíveis efeitos teratogênicos).

•antes e durante a terapia: avaliar o paciente clinicamente e através de eletrocardiograma.

Atenção: há relatos de recém-nascidos, de mães que ingeriram o Micofenolato no primeiro trimestre de gravidez, nascidos com anomalias congênitas incluindo microtia (diminuição do orifício do conduto auditivo, podendo haver ausência do meato acústico) e fenda labial ou fenda palatina.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal