Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Ritodrina

RITODRINA (ORAL; INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Cloridrato de RITODRINA

 

O que é

Relaxante uterino [tocolítico].

 

Para que serve

Parto prematuro (prevenção e tratamento).

 

Como age

Tem ação agonista nos receptores beta 2- adrenérgicos do músculo uterino. Relaxa o músculo, diminuindo a intensidade e a frequência das contrações.

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de cloridrato de RITODRINA.

 

ADULTOS

A via oral é usada para manutenção: 10 mg, 30 minutos antes do término da aplicação intravenosa. Depois, 10 mg a cada 2 horas, durante 24 horas e, em seguida, 10 a 20 mg a cada 4 ou 6 horas.

LIMITE DE DOSE PARA ADULTOS: 120 mg por dia.

 

USO INJETÁVEL

 

RITODRINA (solução) 50 mg/5 mL - INFUSÃO INTRAVENOSA

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%. Volume: para se obter uma concentração de 0,3 mg/mL.

Evitar diluentes contendo sódio, devido ao risco de edema pulmonar.

Estabilidade após diluição com Glicose 5%

Temperatura ambiente (15-30°C): 48 h.

Não utilizar se houver alteração de cor ou precipitado.

 

RITODRINA (solução) 150 mg/10 mL - INFUSÃO INTRAVENOSA

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%. Volume: 500 mL ou para se obter uma concentração de 0,3 mg/mL.

Evitar diluentes contendo sódio, devido ao risco de edema pulmonar.

Estabilidade após diluição com Glicose 5%

Temperatura ambiente (15-30°C): 48 h.

Não utilizar se houver alteração de cor ou precipitado.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de cloridrato de RITODRINA.

 

ADULTOS: iniciar com 50 a 100 mcg (0,05 a 0,1 mg) por minuto. A cada 10 minutos fazer aumentos de 50 mcg (0,05mg) até atingir a dose necessária que, geralmente, fica entre 150 a 350 mcg (0,15 a 0,35 mg) por minuto. Continuar a aplicação por pelo menos 12 horas, após cessarem as contrações uterinas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Risco B

 

Amamentação

Dados não disponibilizados (produto não utilizado nessa fase).

 

Não usar o produto

Corioamnionite; diminuição do volume de sangue; doença cardiovascular da mãe, principalmente associada a arritmias; eclâmpsia; feocromocitoma; hipertensão não controlada; hipertensão pulmonar; hipertireoidismo não controlável; morte fetal intrauterina; pré-eclâmpsia grave.

 

Avaliar riscos x benefícios

Alergia ao produto ou a sulfito; deslocamento prematuro da placenta; diabetes mellitus; enxaqueca; hemorragia na mãe; hipertensão; placenta prévia; pré-eclâmpsia leve a moderada.

 

Reações que podem ocorrer

Com administração intravenosa: acidose lática; alteração nos batimentos cardíacos da mãe e do feto e alterações na pressão arterial da mãe (80 a 100%); alterações na pressão arterial; alterações no EEG; ansiedade; arrepios; aumento da glicose no sangue da mãe ou do recém-nascido; aumento dos batimentos do coração; choque anafilático; constipação intestinal; cor amarelada na pele e/ou nos olhos; descontrole emocional; diarreia; diminuição do potássio no sangue; dor de cabeça; dor na altura do estômago; dor no tórax; edema pulmonar; falta de ar; fraqueza; gases nos intestinos; mal-estar; náusea; nervosismo (5%); palpitação (33%); sonolência; transpiração; tremor; vermelhidão na pele (10 a 15%); vômito.

 

Com administração oral: aumento dos batimentos cardíacos da mãe (mas não do feto); dor de cabeça; erupção na pele; hiperventilação; náusea; nervosismo; palpitação; tremor; vômito.

 

Atenção com outros produtos

A RITODRINA:

 

     pode sofrer ou provocar o aumento das reações adversas com: atropina; corticosteroide de longa duração; sulfato de magnésio; diazóxido; meperidina.

     pode ter sua ação diminuída por: betabloqueador.

     pode sofrer um efeito aditivo (especialmente cardiovascular) com: simpaticomimético (ver Apêndice); agonista (estimulante) beta-adrenérgico.

 

Outras considerações importantes

     monitorar a concentração de glicose no sangue durante as infusões com o produto, especialmente nas mães predispostas ao diabetes mellitus.

     colocar a paciente em decúbito lateral esquerdo para reduzir os riscos de queda de pressão arterial.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal