FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Rivastigmina

Rivastigmina (Oral) (substância ativa)

Referência: Exelon (Novartis)

Genérico: assinalado com G

 

hemitartarato de rivastigmina equivalente a rivastigmina 

Uso oral

Cápsula 1,5 mg: Exelon; G

Cápsula 3 mg: Exelon; G

Cápsula 4,5 mg: Exelon; G

Cápsula 6 mg: Exelon; G

Solução oral 2 mg/mL: Exelon; G

 

O que é

adjunto no tratamento da demência [colinérgico; parassimpaticomimético; inibidor seletivo da acetilcolinesterase cerebral do tipo carbamato].

 

Para que serve

demência do tipo Alzheimer (doença de Alzheimer) (leve a moderada).

 

Como age

diminui a degradação da acetilcolina, facilitando assim a neurotransmissão colinérgica, o que beneficiaria na recuperação de déficits cognitivos da doença de Alzheimer mediados pelo sistema colinérgico. Parece que a inibição da colinesterase também ajudaria diminuir a formação de proteínas precursoras das placas amiloides características da doença de Alzheimer. Absorção: rápida e completa. Biotransformação: extensa e rápida; metabólito conhecido é pouco ativo. Ação: atinge concentração plasmática máxima em 1 hora; atravessa a barreira hematoencefálica. Eliminação: predominantemente pela urina (como metabólitos); fezes (menos de 1%).

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Rivastigmina.

•tomar o medicamento junto com alimento, pela manhã e à noite.

Adultos

iniciar com 1,5 mg, 2 vezes por dia; de acordo com a resposta clínica, a dose pode ser aumentada num tempo mínimo de 2 semanas para: 3,0 mg, 2 vezes por dia; depois para 4,5 mg, 2 vezes por dia e finalmente para 6 mg, 2 vezes por dia.

Atenção: se ocorrerem efeitos adversos (como náusea, vômito, dor na barriga, perda do apetite, diminuição de peso) pode-se omitir uma ou mais doses; se ainda persistirem os efeitos adversos deve-se retornar à dose anterior que apresentou boa tolerabilidade.

Dose de manutenção: 1,5 a 6 mg, 2 vezes por dia (manter o paciente na maior dose tolerada).

Limite de dose para adultos: 6 mg, 2 vezes por dia.

Paciente com diminuição da função renal ou do fígado: mesmas doses de adultos.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

segurança não estabelecida

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

hipersensibilidade a carbamato.

 

Avaliar riscos X Benefícios

arritmia cardíaca grave; doença do nodo sinusal; obstrução urinária ou convulsões (podem agravar); doença respiratória; úlcera que possa ser prejudicada por estímulo colinérgico (por aumento da secreção gástrica) (tratar antes a úlcera).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Gastrintestinal: má digestão; náusea; perda do apetite; vômito.

Sistema nervoso central: fadiga ou fraqueza.

 

Atenção com outros produtos

A Rivastigmina

•não deve ser administrada com: outro medicamento com ação colinérgica.

•pode diminuir a ação de: anticolinérgico.

•pode potencializar a ação de: relaxante muscular como a succinilcolina; betanecol.

 

Outras considerações importantes

• cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

REMÉDIOS COM RIVASTIGMINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Prometax

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal