FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "9 Solucoes Hidreletroliticas e Corretoras do Equilibrio Acido Basico" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

16/09/2015

Biblioteca Livre

Soluções Hidreletrolíticas e Corretoras do Equilíbrio Ácido-Básico

...erando que os rins não estejam afetados e o grau de acidose não é tão grave a ponto de prejudicar a função renal. Nestas circunstâncias, o cloreto de sódio isotônico, isoladamente, é usualmente efetivo porque restaura a capacidade de produção de bicarbonato dos rins. Em acidose renal ou em acidose metabólica grave de qualquer origem, por exemplo, com pH sanguíneo inferior a 7,1, o bicarbonato de s......

Ver Índice

16/09/2015

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Soluções Hidreletrolíticas e Corretoras do Equilíbrio Ácido-Básico

... e na composição de nutrição parenteral (ver monografia, página 726). Gliconato de cálcio é usado para manejo de hipocalcemia, tetania hipocalcêmica e na composição de nutrição parenteral (ver monografia, página 743). Sulfato de magnésio, em solução injetável a 10%, é usado na reposição intravenosa de magnésio, incluindo nutrição parenteral. Em concentração de 50%, emprega-se na prevenção de c......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Solução de Ringer + Lactato

...pré-eclâmpsia, e outras condições associadas à retenção de sódio. • Soluções com cálcio devem ser evitadas em pacientes com cálculo renal ou com histórico de cálculo renal. • A concentração plasmática de cálcio deve ser cuidadosamente monitorada em pacientes com falência renal e se doses altas de vitamina D estiverem sendo utilizadas ao mesmo tempo. ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO1 • ......

Ver Índice

19/12/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Gliconato de Cálcio

... Armazenar a temperatura entre 15 e 30°C, ao abrigo da luz. Evitar o congelamento. • A solução é estável por 24 horas à temperatura ambiente. • Administrar somente soluções límpidas. Havendo cristais, re-solubilizar por aquecimento (30-40°C). • A solução pode ser diluída com glicose 5% ou cloreto de sódio. • 10 mL da solução injetável a 10% ou 1 g de gliconato de cálcio co......

Ver Índice

02/05/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

bicarbonato de sódio

...itos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. bicarbonato de sódio bicarbonato de sódio (Livre) 9 Soluções Hidreletrolíticas e Corretora......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Água para Injeção

... APRESENTAÇÕES • Ampolas de 5 mL e 10 mL. • Frascos de 100 mL e 500 mL. INDICAÇÃO1,6,8 • Preparação de medicamentos para administração, como veículo, ressuspensão, dissolução ou diluição de substâncias. ASPECTOS FARMACÊUTICOS1,6,8 • A água deve ser estéril e livre de pirogenios. • Deve ser preparada a partir do processo de destilação ou osmose reversa de á......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Fosfato de Potássio Monobásico e Dibásico

...sico corresponde a cerca de 11,5 mmol de potássio e 5,7 mmol de fosfato. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta repro......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Cloreto de Potássio

...o; dose máxima: 400 mEq/dia. • Potássio sérico maior que 2,5 mEq/L: 10 a 15 mEq/hora, por infusão intravenosa; dose máxima: 200 mEq/dia. Crianças • Inicial: 1 mEq/kg por infusão intravenosa, por duas horas, repetidos na medida do necessário; a infusão intermitente não excede 1 mEq/kg/hora ou 40 mEq/hora. Dose máxima: 3 mEq/kg/dia. ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANT......

Ver Índice

19/12/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Cloreto de Sódio

...repitações em bases pulmonares e, em idosos, pressão venosa central. • Categoria de risco na gravidez (FDA): C. ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO1,2,6 • A concentração e dose das soluções de cloreto de sódio para uso intravenoso são determinadas por diversos fatores, incluindo idade, peso, condição clínica e, em particular, o estado de hidratação do paciente. As concentrações séricas de el......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Sais para Reidratação Oral

...ós a preparação. • Após este período, desprezar toda a solução ainda existente e preparar nova solução. ASPECTOS FARMACÊUTICOS1-3,6,8 • O pó para solução oral deve ser mantido em lugar seco e fresco e à temperatura até 25°C. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde q......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal