FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Abordagem da Paciente Com Massa Pelvica" obteve 61 resultados.

Página:  de 7

10/06/2014

Revisões Internacionais

Abordagem da paciente com massa pélvica

... (p. ex., cânceres de mama, ovário ou endométrio) ou o câncer não polipose, que podem se manifestar como uma massa pélvica. Exame físico Antes do exame pélvico, a paciente deve esvaziar a bexiga. É necessário que haja uma iluminação adequada para se realizar a inspeção visual dos genitais externos. A vagina e a cérvice devem ser inspecionadas quanto à existência de sinais de infecção, altera......

Ver Índice

10/08/2012

Revisões Internacionais

Câncer ginecológico – Stephen A. Cannistra

..., usualmente em mulheres jovens, e pode estar associado à metastatização rápida e ao desenvolvimento da síndrome da secreção ectópica do hormônio adrenocorticotrófico. Estadiamento Seguindo o mesmo critério de 2006, o sistema de estadiamento da FIGO para o câncer de colo de útero baseia-se em parâmetros clínicos, conforme a avaliação por exames físicos e radiológicos [Figura 2]. A doença de ......

Ver Índice

04/06/2012

Revisões Internacionais

Abordagem de distúrbios clínicos em pacientes geriátricos – Robert M. Palmer, MD, MPH, FACP

...esentavam antes da lesão. Os problemas relacionados a anomalias da marcha afetam 20 a 40% dos indivíduos com idade igual ou acima de 65 anos e 40 a 50% daqueles com 85 anos de idade ou mais.47 Fatores (de risco) predisponentes Os fatores de risco intrínsecos incluem o enfraquecimento do membros inferiores, força preênsil diminuída, déficits de marcha e equilíbrio, desempenho comprometido da......

Ver Índice

14/03/2013

Revisões Internacionais

Câncer colorretal – Bernard Levin

...ntes com câncer colorretal apresentam um prognóstico mais favorável quando as amostras de tumor revelam o envolvimento de 1 a 3 linofonodos do que quando mostram o envolvimento de 4 ou mais linfonodos. O impacto do grau de penetração local e do número de linfonodos é ilustrado pelas taxas de sobrevida de 5 anos para 3 subcategorias: 59,8% para o estágio IIIA; 42% para o estágio IIIB; e 27,3% para ......

Ver Índice

02/10/2012

Revisões Internacionais

Síndrome dos ovários policísticos – Robert L. Barbieri

... formulação de liberação imediata é tomada em doses divididas com o café da manhã, almoço e jantar. A formulação LE é tomada no jantar (ou com a maior refeição do dia). Muitos clínicos acreditam que a formulação LE está associada a menos efeitos colaterais gastrintestinais. Para minimizar estes efeitos adversos (p. ex., náusea), muitos clínicos iniciam o regime de metformina com 500 mg/dia durante......

Ver Índice

10/02/2012

Revisões Internacionais

Menstruação normal e anormal

...ol e progesterona prepara o endométrio para a implantação, caso haja concepção.1 FSH = hormônio folículo-estimulante (follicle-stimulating hormone); LH = hormônio luteinizante (luteinizing hormone). A fase lútea (ou pós-ovulatória) começa imediatamente após a ovulação, com a formação do corpo lúteo a partir do folículo rompido. Progesterona e inibina A são produzidas a partir das células da ......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

5 Síndromes Clínicas Principais

...m sido responsabilizados por essas infecções: Chlamydia trachomatis, Ureaplasma urealyticum, Mycoplasma hominis, Trichomonas vaginalis, dentre outros. A C. trachomatis é o agente mais comum de UNG. É uma bactéria, obrigatoriamente intracelular, que também causa o tracoma, a conjuntivite por inclusão no recém-nascido e o linfogranuloma venéreo. A transmissão se faz pelo contato sexual (risco de 20......

Ver Índice

01/11/2013

Revisões Internacionais

Vaginite e doenças sexualmente transmissíveis – Joel T. Katz

... FTA = anticorpo antitreponema fluorescente; HSV = vírus do herpes simples; LCR = reação em cadeia da ligase; LGV = linfogranuloma venéreo; PCR = reação em cadeia da polimerase; RPR = reagina plasmática rápida; TAAN = teste de amplificação de ácido nucleico; VDRL = Venereal Disease Research Laboratory. Exames laboratoriais Como os achados do exame físico não são confiáveis, a avaliação clí......

Ver Índice

09/05/2010

Revisões

Cisto e Massa Anexial

... lisa Contornos mal definidos / superfície irregular Cístico Misto (cístico e sólido) Unilateral Bilateral Toque retal sem nodulações (espaço de Douglas livre) Toque retal ou vaginal com nodulações DIAGNÓSTICOS DIFERENCIAIS Existem diversas formas de classificar ou agrupar os diagnósticos diferenciais de massas anexiais. Por exemplo, podemos dividi-los pela origem ......

Ver Índice

16/08/2016

Revisões Internacionais

Câncer de Bexiga, Renal e Testicular

...pia. Os primeiros espécimes deverão ser obtidos antes da orquiectomia radical. As a-fetoproteínas (AFPs) têm meia-vida normal de 5 a 7 dias e a meia-vida da gonadotrofina coriônica humana (hCG, do inglês human chorionic gonadotropin) varia de 24 a 36 horas.131 Qualquer falha na queda do nível do marcador em circulação, com base nos gradientes de meia-vida normal depois de uma orquiectomia, sugere ......

Ver Índice

Página:  de 7

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal