FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Antimicrobianos em Neutropenia Febril – Parte 2" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

06/09/2011

Artigos

Antimicrobianos em Neutropenia Febril – Parte 1

...-positivos tiver sido iniciada no começo do tratamento, pode ser suspensa após 2 dias se não houver evidência de infecção por gram-positivo (A-II). Pacientes que permanecem hemodinamicamente instáveis após as doses iniciais de antibióticos precisam ter seus esquemas antibióticos ampliados para incluir cobertura contra gram-negativos e gram-positivos resistentes, anaeróbicos, e fungos (A-III). P......

Ver Índice

08/09/2011

Artigos

Antimicrobianos em Neutropenia Febril – Parte 2

... não é recomendada para pacientes nos quais o período previsto de duração de neutropenia é menor que 7 dias (A-III). Qual o papel da profilaxia antiviral e quais infecções virais precisam de tratamento? Pacientes soropositivos para herpes simples vírus (HSV) em transplante de medula óssea alogênico ou em indução para leucemia devem receber profilaxia antiviral com aciclovir (A-I). Tratamento......

Ver Índice

06/12/2012

Revisões Internacionais

Terapia antimicrobiana – Paul S. Pottinger, Timothy H. Dellit

...TMP-SMX Propionibacterium Penicilina G‡‡ Vancomicina Rhodococcus equi Imipenem,§ aminoglicosídeos, eritromicina, ou vancomicina, com ou sem rifampina Ciprofloxacina,|| TMP-SMX, tetraciclina,** clindamicina Cocos gram-negativos Moraxella catarrhalis Amoxicilina-clavulanato, cefalosporina de 2ª ou 3ª geração†‡ TMP-SMX, uma fluoroquinolona,|| um macrolídeo, doxicic......

Ver Índice

16/12/2013

Revisões Internacionais

Pneumonia e outras infecções pulmonares – Joel T. Katz

...pneu­monia. Am J Med 2003;115:454. 13. Kaplan V, Clermont G, Griffin MF, et al. Pneumonia: still the old man’s friend? Arch Intern Med 2003;163:317. 14. Bouchud PY, Moser F, Erard P, et al. Community-acquired pneumonia: a prospective outpatient study. Medicine (Baltimore) 2001;80:75. 15. File TM Jr. Community-acquired pneumonia. Lancet 2003; 362:1991. 16. Vi......

Ver Índice

13/09/2016

Revisões

Neutropenia Febril

...ncer Network (NCCN) Clinical Practice Guidelines in Oncology. Prevention and treatment of cancer-related infections. Version 2.2014. http://www.nccn.org (Accessed on November 06, 2014). 3-Flowers CR, Seidenfeld J, Bow EJ, et al. Antimicrobial prophylaxis and outpatient management of fever and neutropenia in adults treated for malignancy: American Society of Clinical Oncology clinical practice ......

Ver Índice

07/10/2014

Revisões Internacionais

Hipertermia, febre e febre de origem indeterminada

... (SNP). Diagnóstico A síndrome surge de maneira abrupta, dentro de 5 semanas do uso de agentes serotoninérgicos isolados ou combinados. Nos casos brandos, os pacientes exibem hipercinesia, tremores intermitentes, hiper-reflexia e clônus, sons intestinais hiperativos, diarreia, midríase e taquicardia. Os pacientes dos casos de síndrome branda podem exibir tremores e diaforese, contudo a t......

Ver Índice

19/02/2014

Revisões Internacionais

Infecções do trato urinário – Kalpana Gupta, Walter E. Stamm

...mother 40:2200, 1996 49. Vogel T, Verreault R, Gourdeau M, et al: Optimal duration of antibiotic therapy for uncomplicated urinary tract infection in older women. CMAJ 170:469, 2004 50. Jackson SL, Boyko EJ, Scholes D, et al: Predictors of urinary tract infection after menopause: a prospective study. Am J Med 117:903, 2004 51. Raz R, Colodner R, Rohana Y, et al: Effectiveness of estrio......

Ver Índice

01/09/2016

Revisões Internacionais

Hipertermia e febre e febre de origem indeterminada

... mRNA = RNA mensageiro. Etiologia Diversos distúrbios clínicos podem romper a homeostase termorreguladora por meio de fatores como aumento na produção de calor, redução na dissipação térmica, ou pela produção de insultos hipotalâmicos e, consequentemente, induzindo hipertermia [ver a Tabela 1]. As formas leves de hipertermia são comuns. Nos casos de desidratação, por exemplo, a vasoconstrição......

Ver Índice

29/08/2018

Revisões Internacionais

Infecções do Trato Urinário

...in women with and without recurrent urinary tract infection. J Infect Dis 171:717, 1995 23. Mulvey MA, Schilling JD, Martinez JJ, et al: Bad bugs and beleaguered bladders: interplay between uropathogenic Escherichia coli and innate host defenses. Proc Natl Acad Sci U S A 97:8829, 2000 24. Lundstedt AC, McCarthy S, Gustafsson MU, et al: A genetic basis of suscepti­bility to ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

... Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Pouca absorção pelo trato gastrintestinal. t Meia-vida: 30 a 60 minutos. Em paciente com insuficiência renal pode variar de 20 a 140 horas. t Eliminação renal, se administrado por via intravenosa. t Excreção fecal, se administrado por via oral ou retal. Efeitos adversos t Extravasamento no lugar da injeção pode causar dor, trombofle......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal