FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Bupivacaina" obteve 23 resultados.

Página:  de 3

08/11/2016

Remédios

Bupivacaína

...ína (solução) 0,5% o medicamento deve ser administrado de forma gradual. Evite aplicação rápida de grande volume de solução. Uso injetável – Doses • doses em termos de cloridrato de bupivacaína. Adultos aplicação local ou regional região lombar epidural – bloqueio motor completo a moderado: 50-100 mg (10 a 20 mL) de cloridrato de bupivacaína 0,5% (com ou sem epinefrina). Administra......

Ver Índice

05/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Bupivacaína

...o amida; crianças menores de 12 anos (segurança e eficácia não estabelecidas); na região paracervical obstétrica (riscos ao feto); em anestesia espinhal (efeitos adversos graves). Avaliar Riscos X Benefícios Diminuição da função cardiovascular; diminuição da função hepática (reduzir dose); diminuição da função renal (reduzir dose); hipotensão; pacientes com doença cardíaca, debilitados ou gra......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Cloridrato de Bupivacaína + Glicose

...de adrenalina diminui o fluxo sangüíneo local, diminui a absorção de bupivacaína e prolonga o efeito anestésico. • Metabolismo: hepático. • Excreção: renal (5% em forma inalterada). EFEITOS ADVERSOS1,2,4,5 • Hipotensão, bloqueio cardíaco, bradicardia. • Depressão ou excitação do SNC, convulsão (dose dependente). • Falência respiratória (dose excessiva ou administr......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Cloridrato de Bupivacaína

...ntravenosa. • A injeção intravascular acidental está associada a convulsões e falência cardíaca. • Bupivacaína tem maior potencial cardiodepressor e cardiotóxico do que lidocaína em doses eqüiefetivas, podendo causar arritmias ventriculares graves e depressão miocárdica após injeção acidental intravascular de altas doses. • Cautela em pacientes com epilepsia, porfiria, miastenia ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...nicamente relevantes2-4 t Início de efeito: 7 e 8 minutos (intramuscular), 1 e 2 minutos (intravenosa). t Pico de efeito: 20 e 30 minutos. t Duração do efeito: 1 a 2 horas (intramuscular), 30 a 60 minutos (intravenoso). t Meia-vida de eliminação: 219 minutos. t Metabolismo: hepático. t Excreção: renal e fecal. Efeitos adversos t Edema periférico (5-32%), taquicardia (1% ou mais), h......

Ver Índice

14/09/2015

Biblioteca Livre

Anestésicos Locais

...sutura de lacerações cutâneas de face, escalpo, extremidades e tronco, em adultos e crianças. Demonstrou-se equivalência ou superioridade das formulações tópicas em comparação com a infiltração intradérmica convencional30. Administrada topicamente em forma de aerossol, um minuto antes da intubação, permite facilidade no procedimento. Soluções puras em concentrações a 1% e 2% podem ser usadas em an......

Ver Índice

14/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Anestésicos Locais

...radural). Descreveram-se danos neurológicos (lombalgia e de membros inferiores) transitórios (duração de 6 horas a 4 dias) com lidocaína hiperbárica. Revisão sistemática Cochrane de 15 ensaios clínicos que avaliou a frequência daquelas manifestações depois de anestesia espinhal com lidocaína, em comparação a outros anestésicos locais, verificou que, de 1.437 pacientes avaliados, 120 as desenvolver......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

B

...esentação t Comprimidos 5 mg e 10 mg. Indicações t Angina estável (profilaxia). t Hipertensão arterial sistêmica. Contraindicações t Hipersensibilidade ao anlodipino. t Choque cardiogênico. t Angina instável. t Estenose aórtica significante. t Porfiria aguda. Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – insuficiência cardíaca compensada, disfunção ventricular esqu......

Ver Índice

27/12/2009

1 Anestésicos e Adjuvantes

Propofol

...alizada dentro do período de 6 horas. Desprezar as porções não utilizadas. • Incompatível com aminoglicosídeos, anfotericina B coloidal, tosilato de bretílio, cloreto de cálcio, ciprofloxacino, diazepam, cloridrato de doxorrubicina, cloridrato de verapamil, fenitoína sódica, cloridrato de mitoxantrona, cloridrato de minociclina, cloridrato de metoclopramida, succinato sódico de metilpredniso......

Ver Índice

16/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Maleato de Enalapril

... • Excreção: renal. EFEITOS ADVERSOS1,2,4,5 • Hipotensão, taquicardia, dor no peito, angioedema. • Náusea, vômito, diarréia, dor abdominal, angioedema intestinal. • Tonturas, astenia, vertigens, cefaléia, anorexia. • Insuficiência hepática. • Alteração de função renal. • Prurido, rash. • Hipercalemia. • Tosse. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS5,......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal