FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Capitulo 2 – Investigacao Epidemiologica de Casos e Epidemias" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 2 – Investigação Epidemiológica de Casos e Epidemias

...rtida de alimento contaminado, acidente com rede de abastecimento de água, etc.). Recomenda-se que sejam investigados: • os estabelecimentos onde o alimento suspeito foi preparado e consumido, particularmente: » o cardápio do dia em que ocorreu o surto; » a procedência e método de preparação dos alimentos constantes do cardápio; » os métodos de armazenamento dos alimentos ......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...de trabalho, avanços científicos e tecnológicos de prevenção (imunobiológicos, fármacos, testes diagnósticos, etc.) e aprimoramento das estratégias operacionais de controle. A rápida evolução das ferramentas computacionais, aliadas à redução dos seus custos, vem possibilitando o desenvolvimento de sistemas de informações mais ágeis que contribuem significativamente para tornar mais oportunas as in......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 3 – Sistemas de Informação em Saúde e Vigilância Epidemiológica

...etanto, em muitas áreas, o uso dessa rica fonte de dados é prejudicada pelo não preenchimento correto das DO, com omissão de dados como, por exemplo, estado gestacional ou puerperal, ou pelo registro excessivo de causas mal definidas, prejudicando o uso dessas informações nas diversas instâncias do sistema de saúde. Estas análises devem ser realizadas em todos os níveis do sistema, sendo subsídios......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

...entificar precocemente a circulação do vírus nas populações, visando a adoção das medidas de controle pertinentes (imunização), com o propósito de evitar a ocorrência de novos casos de síndrome da rubéola congênita. NOTIFICAÇÃO Doença de notificação compulsória e de investigação obrigatória. DEFINIÇÃO DE CASO DA RUBÉOLA Rubéola pós-natal. Suspeito Toda pessoa com febre, exantema mác......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...ame de Influenza Humana por novo subtipo viral; e de surto de Influenza Humana. A notificação imediata devera ser feita por telefone, fax ou e-mail a secretária estadual de saúde e dessa a Secretária de Vigilância em Saúde/MS, por meio do CIEVS (0800 644 6645 ou notifica@saude.gov.br). Definição de Caso · Para investigação de caso suspeito de Influenza Humana por novo subtipo viral (Fase ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...s e adenovírus. O diagnóstico, muitas vezes, só é possível pela analise laboratorial. Chama-se a atenção para o diagnóstico diferencial de casos de Influenza grave (pneumonia primária) com possíveis casos de síndrome respiratória aguda grave (Sars) e que, dependendo da historia de exposição, esses casos com maior gravidade podem representar a infecção por um novo subtipo viral (ver definições mais......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Peste

...om Peste Pneumônica; colocar passageiros com quadro clínico suspeito sob vigilância; proceder a quimioprofilaxia indicada, sempre que houver algum caso de Peste Pneumônica em uma aeronave ou navio. Vigilância de Contatos Manter sob estrita observação, por 7 dias (periodo máximo de incubação), as pessoas que tiverem contato com Peste Pneumônica ou pulgas infectadas. Controle do Paciente T......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Peste

...ste, que evolua com adenite (“sintomático ganglionar”); todo paciente proveniente (no periodo de 1 a 10 dias) de área com epidemia de Peste pneumônica e que apresente febre e outras manifestações clínicas da doença, especialmente sintomatologia respiratória. · Confirmado – Todo paciente com quadro clínico de Peste e diagnóstico laboratorial confirmado, ou todo paciente com quadro clínico suge......

Ver Índice

02/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Coqueluche

...he ou na escola há indícios de outros casos suspeitos. Quando não se identificar casos nestes locais, interrogar sobre deslocamentos e permanência em outras áreas. Estes procedimentos devem ser feitos mediante entrevista com o paciente, familiares ou responsáveis, bem como com lideranças da comunidade. Para Determinação da Extensão da Área de Transmissão • Busca ativa de casos » ......

Ver Índice

06/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza (Gripe)

...ia. Destas, 152 foram positivas para influenza A, tendo sido possível fazer a caracterização antigênica inicial de 23 (15%) dessas amostras, assim identificadas: influenza A H3N2 (67%), influenza B (20%) e influenza A H1N1 (13%). No ano de 2002 foram detectados e investigados dois importantes surtos comunitários de influenza no país, nas cidades de Araraquara/SP e do extremo oeste de Santa Catari......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal