FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 12" obteve 2385 resultados.

Página:  de 239

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...1,33 - Fibrinogênio: 60 mg/dL (de 150 a 400 mg/dL); - D-dímero: > 10000 ng/mL FEU (Inferior a 500 ng/mL FEU). Diagnóstico e Discussão Os grandes achados laboratoriais desta paciente são coagulograma alargado, com aumento do TP, TTPa e TT, além de queda nos valores de fibrinogênio e grande valor de D-dímero. Além disso, a paciente tem uma anemia com característica normo/normo, plaquetopen......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...for positiva para Rubéola. · Vínculo epidemiológico - Quando o caso suspeito teve contato com um ou mais casos de Rubéola, confirmados por laboratório, e que apresentou os primeiros sintomas da doenca entre 12 a 23 dias após a exposição ao caso. · Clínico - Quando há suspeita clínica de Rubéola, mas a investigação epidemiológica e laboratorial não foram realizadas ou concluídas. Como o d......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...eses a até 2 anos de idade). O achado de níveis de IgG estáveis ou elevados confirma o diagnostico. A queda de anticorpos IgG sugere a presença de anticorpos maternos em declínio. Identificação do Vírus Pode ser realizada a partir de secreções nasais, sangue, urina e líquor com inoculação em cultura celular. A coleta desse material devera ser realizada sempre que o resultado sorológico indica......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

... atributos pessoais. Distribuição temporal (quando?) – a análise temporal considera a distribuição do número de casos notificados e confirmados (segundo critério laboratorial, vínculo epidemiológico e clínico) de acordo com o intervalo de tempo como, por exemplo, semana epidemiológica, mês ou ano. Também devem ser calculados os coeficientes de incidência e mortalidade mensais e anuais, conform......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Raiva Raiva CAPÍTULO 6 – Doenças Guia de Vigilância Epidemiológica - 6ª Edição Guias do......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...ransmissão intensa; • ser um município com surto. A definição de cada uma das áreas referidas está descrita no tópico Vigilância Epidemiológica. A partir da classificação dos municípios, são recomendadas as seguintes ações: Áreas com registro do primeiro caso autóctone de leishmaniose visceral Vigilância e controle em áreas com registro do primeiro caso autóctone de leishma......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...a de procedimentos de reabilitação física aos pacientes portadores de incapacidades/deformidades decorrentes da doença. Definição de Caso Uma pessoa que apresente uma ou mais de uma das seguintes características e que requer poliquimioterapia: • lesão(ões) de pele, com alteração de sensibilidade; • acometimento de nervo(s) com espessamento neural; • baciloscopia positiva. ......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...e pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1). · Familiares e visitantes que mantenham contato com pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1), durante o período de internação. · Os profissionais de saúde que executam o procedimento de verificação de óbito. · Outros profissionais que entram em contato com pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...do ao paciente. - Após contato com objetos inanimados e superfícies imediatamente próximas ao paciente. - Antes e após remoção de luvas. 3.1. Técnica de Higienização Simples das Mãos com Água e Sabonete • Retirar acessórios (anéis, pulseiras, relógio), uma vez que sob estes objetos acumulam-se microrganismos não removidos com a lavagem das mãos. • Abrir a torneira e mol......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...ulto, conforme a idade e estado vacinal, e orientar como completar o esquema de vacinação; • as crianças e adultos com esquema de vacinação em dia só deverão receber uma dose de reforço se a última dose de vacina foi aplicada há mais de 5 anos; • a ocorrência de um surto exige, além da vacinação imediata dos comunicantes com situação vacinal inadequada (medida que procura diminuir o nú......

Ver Índice

Página:  de 239

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.