FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 2" obteve 2230 resultados.

Página:  de 223

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...atores de coagulação (alargamento de TP, TTPa e queda de fibrinogênio), e aumento da fibrinólise (o aumento de D-dímero), desde que não haja outra etiologia para esses achados. Ter hemorragias ou tromboses não caracterizam fatores necessários para o diagnóstico. Como curiosidade, neste caso foi fechado um diagnóstico de síndrome de anticorpo antifosfolípide em associação com lúpus eritematoso si......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...eses da gestação que pode resultar em aborto, natimorto, malformações congênitas (cardiopatias, surdez, catarata). Agente Etiológico Vírus RNA, gênero Rubivirus, família Togaviridae. Reservatório O homem. Modo de Transmissão Direto, pelo contato com secreções nasofaríngeas de pessoas infectadas. Período de Incubação De 14 a 21 dias, com duração média de 17 dias, podendo variar ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...s e leves que se manifestam como surdez parcial, pequenas deficiências cardíacas, diabetes melito, pancreatite progressiva, dentre outras, só diagnosticadas muitos anos após o nascimento. Agente Etiológico Vírus RNA, gênero Rubivirus, familia Togaviridae. Reservatório O homem. Modo de Transmissão A infeccao é adquirida por via intrauterina (transmissão vertical). Período de Incu......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

... estar devidamente capacitadas para lidar com o paciente e com o seu ambiente e usar equipamentos de proteção individual, bem como estarem pré-imunizados. Recomenda-se como tratamento de suporte: dieta por sonda nasogástrica e hidratação para manutenção do balanço hídrico e eletrolítico; na medida do possível, usar sonda vesical para reduzir a manipulação do paciente; controle da febre e vômito; ......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...rias estaduais de saúde, têm a responsabilidade de organizar a rede básica de saúde para suspeitar, assistir, acompanhar e/ou encaminhar para referência hospitalar os pacientes com leishmaniose visceral. Para tanto, faz-se necessário estabelecer um fluxo de referência e contra-referência, bem como oferecer as condições necessárias para diagnosticar e tratar precocemente os casos de leishmaniose v......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

... o tratamento se houver alteração das provas de função hepática, com valores superiores a duas vezes os normais; • encaminhar o paciente à unidade de referência; • fazer a avaliação da história pregressa: alcoolismo, hepatite e outras doenças hepáticas; • solicitar exames complementares necessários para realizar diagnóstico diferencial; • investigar se a ocorrência deste ef......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...imo a possibilidade de transmissão do vírus Influenza A(H1N1) nos serviços de saúde. Considerando as constantes atualizações disponibilizadas pela OMS, este Protocolo está sujeito a ajustes decorrentes da sua utilização prática e das mudanças observadas no cenário epidemiológico. II. DEFINIÇÕES DE CASO 1. Caso em Monitoramento a) Procedentes de países afetados, com febre não medida E toss......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...ivo • Manter o ambiente ventilado • Evitar contato próximo com pessoas. Importante: Recomenda-se que a unidade básica de saúde ao qual o paciente em isolamento domiciliar esteja vinculado seja responsável pelo seu acompanhamento durante os 7 dias. Este acompanhamento implica em: • Verificar a curva térmica diária • Verificar se os sintomas estão regredindo • Ve......

Ver Índice

10/09/2009

Biblioteca Livre

5 Vigilância Epidemiológica

... uma doença de notificação em todo País, na área não-endêmica, além de ser uma doença de notificação compulsória é de investigação obrigatória, visando à adoção de medidas de controle para manter essa parte do território brasileiro livre da doença. Na área endêmica, a notificação é feita por meio do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica – Malária (Sivep–Malária). Para alimentar o sist......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Glossário

...o deve ser confundida com vigilância. Para alguns estudiosos, monitorização implica em intervenção à luz das mensurações observadas; b) contínua mensuração do desempenho do serviço de saúde ou de profissionais de saúde, ou do grau com que os pacientes concordam com ou aderem às suas recomendações; c) na ótica da administração, a contínua supervisão da implementação de uma atividade com o objetivo ......

Ver Índice

Página:  de 223

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal