FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cisto e Massa Anexial" obteve 5 resultados.

Página:  de 1

09/05/2010

Revisões

Cisto e Massa Anexial

...de origem intestinal, sendo que o CA-125 está eventualmente elevado. De 15 a 20% dos casos é bilateral, em 95% das vezes o tumor está confinado ao ovário no momento do diagnóstico e geralmente atingem grandes volumes (> 20 cm). Apesar de apresentar uma agressividade biológica maior que o tipo seroso, seu padrão de disseminação é principalmente linfonodal e hematogênico, sendoa ascite, nesse cas......

Ver Índice

24/05/2016

Casos Clínicos

Cisto Anexial

... na pós-menopausa. A incidência de câncer de ovário aumenta com a idade; pelo menos 30% dos tumores ovarianos em mulheres com mais de 50 anos de idade são malignos. Assim, uma massa ovariana em uma mulher pós-menopausa deve ser considerada maligna até prova em contrário. Massas anexiais malignas incluem os de origem ovariana primária; lesões metastáticas normalmente a partir do endométrio, mama e ......

Ver Índice

10/05/2018

Revisões

Doença Inflamatória Pélvica

... O tratamento no departamento de emergência deve incluir terapia antibiótica empírica de amplo espectro para cobrir toda a gama de organismos prováveis. Os regimes de tratamento podem ser ambulatoriais ou em regime de internação. São indicações para internação: · Gestantes · Ausência de resposta a medicação oral · Inabilidade de tomar medicações orais ......

Ver Índice

21/06/2018

Temas selecionados

Doença Inflamatória Pélvica

... anexial, pode ocorrer abscesso tubo-ovariano. Em mulheres toxemiadas com DIP e achados pélvicos assimétricos, deve-se obter uma imagem com USG de pelve. A maioria dos abscessos tubo-ovarianos (60 a 80%) resolve-se com a administração de antibióticos isoladamente. No caso de abscesso tubo-ovariano, a terapia oral deve continuar com clindamicina (600mg, VO, 4x/dia) ou metronidazol com doxiciclina ......

Ver Índice

20/03/2012

Artigos

Ultrassonografia para distinguir massas anexiais begninas e malignas

...exial. Todas as pacientes foram submetidas a ultrassonografia associada a dopplerfluxometria pelo mesmo investigador de cada centro dentro do protocolo de pesquisa. Os critérios compreendiam 5 características de malignidade (M1: tumor irregular sólido; M2: presença de ascite; M3: pelo menos 4 formações papilares; M4: tumor multilocular maior que 10 cm; M5: fluxo sanguíneo ao Doppler elevado) e 5 d......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.