FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Dexametasona Oftalmico" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

11/12/2014

Remédios

Dexametasona (oftálmico)

...coma (aumento da pressão intraocular); catarata; dilatação das pupilas; diminuição na acuidade visual e no campo visual, após muito tempo de uso do produto; inchaço; infecção; inflamação na córnea; interferência na cicatrização da córnea; irritação ou ulceração nos olhos; ptose palpebral; sensação de agulhada, picada ou lacrimejamento que não passa rapidamente; sensação transitória de agulhadas ou......

Ver Índice

04/12/2014

Remédios

Ciprofloxacino (oftálmico; otológico)

...ntes 3 gotas no ouvido afetado, 3 a 5 vezes por dia. Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação eliminado no leite; não amamentar. Não usar o produto hipersensibilidade a fluorquinolona ou quinolona; paciente receben- do terapia sistêmica à base de quinolona. Reações mais comuns Uso Oftálmico (nos olhos) (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes): queimação ou ......

Ver Índice

10/02/2015

Remédios

Tobramicina (oftálmico)

... borrada passageira (com a pomada). Outras considerações importantes • procurar pelo médico se não houver melhora em poucos dias. Tobramicina (oftálmico) associações Tobradex – corticosteroide oftálmico associado – conjuntivite bacteriana – solução oftálmica. Cada mL contém: dexametasona 1 g + tobramicina 3 g. Alcon. G Tobradex – corticosteroide oftálmico associado – conjuntivite bacter......

Ver Índice

17/11/2014

Remédios

Ácido Bórico

...livinílico (não usar colírios ou soluções para lente de contato contendo álcool polivinílico simultaneamente com a preparação oftálmica contendo ácido bórico). • pode causar irritação local com: idoxuridina. OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES • descontinuar o uso do produto oftálmico se o paciente começar a apresentar dor nos olhos, alteração da visão, contínuo avermelhamento dos olhos ou irri......

Ver Índice

22/08/2012

Revisões Internacionais

Cefaleia – Randolph W. Evans

...ciety. Cephalalgia 2004;24 Suppl 1:1. 2. Evans RW, Mathew NT. Handbook of headache. 2nd ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; 2005. 3. Olesen J, Tfelt-Hansen P, Welch KMA, et al, editors. The headaches. 2nd ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; 2006. 4. Silberstein SD, Lipton RB, Dodick DW. Wolff’s headache and other head pain. 8th ed. New York: Oxfo......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...utros progestógenos, ou contraceptivos orais contendo menos que 25 microgramas de etinilestradiol: o uso de um método contraceptivo alternativo deve ser considerado, pois não há estudos que descrevam os efeitos da interação com atazanavir, não havendo portanto dados que confirmem a segurança e eficácia contraceptiva em caso de interação. t Diltiazem: aumenta o risco de cardiotoxicidade. Monitorar......

Ver Índice

07/09/2008

Revisões

Coma e Alteração no Estado de Consciência

... de doença clínica causando doença neurológica. Um exemplo comum é um idoso apresentando um quadro insidioso de febre, desidratação e rebaixamento de nível de consciência. Sinais típicos de infecção podem estar presentes, como tosse com expectoração e alteração de auscuta pulmonar (indicando pneumonia), alteração de odor e coloração de urina em paciente com infecções urinárias prévias, entre outra......

Ver Índice

06/01/2014

Revisões Internacionais

Doenças virais agudas do sistema nervoso central

...e 0 a 15% entre os pacientes com menos de 60 anos. A maioria destes casos ocorre em pacientes com 50 a 60 anos de idade. A NPH é discretamente mais comum em mulheres do que nos homens, contudo ocorre com maior frequência após o zóster de distribuição oftálmica em ambos os sexos. Os analgésicos são usados para aliviar a dor da NPH. Os narcóticos devem ser evitados, sempre que possível. A gabapenti......

Ver Índice

28/01/2014

Revisões Internacionais

Hipófise – Shlomo Melmed

.... Entretanto, se os pacientes não se alimentarem regularmente ou tiverem deficiência de adeno-hipófise não suspeita, a clorpropamida pode ser prejudicial. Para pacientes com diabetes insípido severo, a administração de DDAVP por via intranasal ou oral promove um controle excelente da poliúria e da polidipsia. O uso intranasal de DDAVP é efetivo, não tóxico e não irritante. Os comprimidos de DDAV......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...frios, febre, urticária e anafilaxia. t Distúrbios gastrintestinais, alteração na percepção de sabores. t Rubor, palpitação. t Dispneia, tosse. t Cefaleia, vertigem, parestesia, sonolência. t Visão turva. t Reação no sítio da injeção, exantema. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes t Início de ação por via intravenosa: 10 minutos t Duração por via intravenosa: 12 a 15 horas......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal