FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Dipiridamol" obteve 31 resultados.

Página:  de 4

17/12/2014

Remédios

Dipiridamol

...o: não Uso oral Drágea 75 mg: Persantin Drágea 100 mg: Persantin Uso injetável Injetável (solução) 10 mg/2mL: Persantin Armazenagem antes de aberto Temperatura ambiente (15-30°C). Proteção à luz: sim, necessária. O que é vasodilatador coronariano; antitrombótico [inibidor da agregação plaquetária]. Para que serve acidente vascular cerebral; angina do peito; infarto do mi......

Ver Índice

22/03/2013

Revisões Internacionais

Distúrbios cerebrovasculares – Scott E. Kasner; Heather E. M

...ing Group; Cardio­vascular Nursing Council; Clinical Cardiology Council; Nutrition, Physical Activity, and Metabolism Council; and the Quality of Care and Outcomes Research Interdisciplin­ary Working Group: the American Academy of Neurology affi rms the value of this guideline. Stroke 2006;37:1583. 44. Sacco RL, Adams R, Albers G, et al. Guidelines for preven­tion of stroke in pati......

Ver Índice

06/08/2010

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica – Definição, Diagnóstico e Estratificação de Risco

...nariografia ainda é o padrão-ouro no diagnóstico de doença arterial coronariana crônica. Não obstante o advento recente da TC de coronárias, a coronariografia é o exame habitual e ideal para investigar a extensão e a gravidade da doença coronariana. Apesar disso, a coronariografia é um exame de risco, que utiliza contraste e radiação, e é de alto custo. Por isso, está indicada para diagnóstico so......

Ver Índice

05/10/2008

Revisões

Delirium

...ol e que o uso de antipsicóticos atípicos seja alternativa terapêutica quando há necessidade de altas doses de haloperidol para o controle dos sintomas. O uso de inibidores da acetilcolinesterase tem sido estudado atualmente, e apenas relatos anedóticos corroboram seu uso na prática clínica. Como o principal mecanismo fisiopatológico do delirium é a deficiência colinérgica, é razoável supor que ......

Ver Índice

04/06/2009

Revisões

Novos Métodos Diagnósticos em Cardiologia

...tomography for the detection of coronary artery disease in a multicentre, multivendor, randomized trial. Eur Heart J. 2008;29:480-489. 27. Serra J, Rochitte CE. Cardiac sarcoidosis evaluated by delayed-enhanced magnetic resonance imaging. Circulation. 2003;107:188-189. LEITURA RECOMENDADA 1. Diretrizes SBC Ressonância e Tomografia Cardiovascular. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. 2006;......

Ver Índice

04/06/2009

Revisões

Novos Métodos Diagnósticos em Cardiologia

... R, Blanche P, et al. Myocardial MRI in sarcoidosis: 3-years folow-up and evaluation of the effects of steroid therapy (abstract).J Cardiovasc Magn Reson. 2004;6:44. 18. Rochitte CE, Nacif MS. Cardiac magnetic resonance in Chagas’ disease. Artificial Organs. 2007;31(4):259-267. 19. Rochitte CE, Oliveira PF. Myocardial delayed enhancement by magnetic resonance imaging in patients with Chagas’ dis......

Ver Índice

17/11/2014

Remédios

Adenosina

... (pode levar a arritmias graves); paciente com angina instável (risco aumentado de eventos); bloqueio atrioventricular de primeiro grau (preexistente); bloqueio de ramo (preexistente); paciente com disfunção autonômica, doença cardíaca estenótica valvular, pericardite ou efusão pericárdica, estenose da carótida com insuficiência cerebrovascular, hipovolemia, paciente com broncoconstrição ou bronco......

Ver Índice

27/06/2014

Revisões

Síndrome nefrótica primária em adultos

... Kirsztajn GM. An overview on frequency of renal biopsy diagnosis in Brazil: clinical and pathological patterns based on 9,617 native kidney biopsies. Nephrol Dial Transplant.2010;25(2):490-6. 4.Morales JV, Leal M, Lorentz A, Veronese FJ. Síndrome nefrótica primária em adultos: estudo de coorte com seguimento de 17 anos. J Brasil Nefrol. 2008;30 supl:47A. 5.Pavenstädt H, Kriz W, Kretzler M. Cell......

Ver Índice

31/05/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Adenosina

...icações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas e formas de administração. REFERÊNCIA ADENOCARD (Libbs) GENÉRICO Não USO INJETÁVEL Injetável (solução) 6 mg/2 mL ADENOCARD Armazenagem Antes de Aberto Temperatura ambiente (15-30°C). O QUE É A adenosina é um antiarrítmico [nucleosídeo endógeno; antiarrítmico classe IV; adenosina trifosfato......

Ver Índice

16/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Enoxaparina

...efotetano; plicamicina; ácido valpróico; agentes trombolíticos (alteplase, anisteplase, estreptoquinase, uroquinase); tensirolimus; mifepristona. OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES • não misturar o produto com outras drogas. • antes de administrar o produto certificar-se de que o paciente não tem nenhum distúrbio hemorrágico. • fazer monitoramento hematológico. • se neces......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal