FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doenca Cardiaca Congenita em Adultos" obteve 110 resultados.

Página:  de 11

05/07/2018

Revisões Internacionais

Doença Cardíaca Congênita em Adultos

... Driscoll DJ. Left-to-right shunt lesions. Pediatr Clin North Am 1999;46:355–68, x. 10. Inglessis I, Landzberg MJ. Interventional catheterization in adult congenital heart disease. Circulation 2007;115:1622–33. 11. Fischer G, Stieh J, Uebing A, et al. Experience with transcatheter closure of secundum atrial septal defects using the Amplatzer septal occluder: a single centre......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...ção. t Antes da diluição, armazenar à temperatura de 2 a 8 °C. Não agitar. Descartar qualquer quantidade após 24 horas à temperatura ambiente. Diluições devem ser preparadas utilizando-se glicose 5%, a concentração final deve estar entre 5 e 15 microgramas/mL. Forma precipitado quando diluído em cloreto de sódio. Plástico e vidro podem adsorver filgrastim. Para minimizar a adsorção no material de......

Ver Índice

26/06/2017

Revisões

Morte Cardíaca Súbita

...es com lesões obstrutivas do coração esquerdo (por exemplo, estenose aórtica, coarctação aórtica) e defeitos cianogênicos (por exemplo, anomalia de Ebstein, transposição de grandes vasos da base, tetralogia de Fallot). A maioria dos eventos de morte súbita nessa população ocorre durante o exercício, sendo metade dos casos resultante da FV. Também são comuns as arritmias não ventriculares (por exe......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

B

...intravenosa, a cada 8 horas. t Com mais de 7 dias e mais de 2 kg: 25.000 a 50.000 UI, por via intravenosa, a cada 6 horas. Meningite por estreptococos do grupo B t Com menos de 7 dias: 250.000 a 450.000 UI/kg/dia, por via intravenosa, divididas a cada 8 horas. t Com mais de 7 dias: 450.000 UI/kg/dia, por via intravenosa, divididas a cada 6 horas Crianças com mais de 1 mês t 100.000 a ......

Ver Índice

31/01/2014

Revisões Internacionais

Cardiopatia valvar – Miriam S. Jacob, Brian P. Griffin

...ano J, Cordeiro P, Sugeng L, et al. Real-time three-dimensional echocardiography for rheumatic mitral valve stenosis evaluation: an accurate and novel approach. J Am Coll Cardiol 2004;43:2091–6. 38. Wilkins GT, Weyman AE, Abascal VM, et al. Percutaneous balloon dilatation of the mitral valve: an analysis of echocardiographic variables related to outcome and the mechanism of dilatation. Br......

Ver Índice

03/10/2013

Revisões Internacionais

Doenças do músculo e da junção neuromuscular – Marinos C. Dalakas

...ina C.16 As mutações no gene lamina A/C são mais comumente causadoras de miocardiopatia e defeitos de condução.16 As proteínas integrais da membrana nuclear interagem de perto com as laminas nucleares, que são proteínas do filamento intermediário encontradas na face nuclear (lado interno) da membrana nuclear [Figura 1]. A emerina liga-se à lamina A, que é um dos produtos do gene laminina A/C. ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...ão de saquinavir como único inibidor de protease em associação com efavirenz. t Itraconazol e voriconazol: podem aumentar a concentração plasmática e a incidência de Efeitos adversos de ambos os fármacos. Monitorar o paciente para sinais de toxicidade. t Loperamida e rifabutina: podem reduzir a concentração plasmática de saquinavir e ter suas concentrações plasmáticas aumentadas. A associação nã......

Ver Índice

26/06/2014

Revisões

Hipertensão pulmonar

..., deve-se realizar a classificação hemodinâmica com base na pressão venocapilar pulmonar. Em casos de HAP, a pressão venocapilar é igual ou menor do que 15 mmHg (HP pré-capilar), enquanto nos de HP venosa, a pressão venocapilar é maior do que 15 mmHg (HP pós-capilar). Dessa forma, essa classificação hemodinâmica da HP, imprescindível para o entendimento e o manejo das situações clínicas, baseia-s......

Ver Índice

08/07/2010

Casos Clínicos

Anemias

...o por vias parenterais não deve ser continuado. · Via endovenosa: Noripurum® injetável IV (hidróxido de ferro): ampola de 5 mL (20 mg de ferro/mL). Diluir sempre em solução fisiológica para evitar flebite. Em virtude da possibilidade de reações anafilactoides, recomenda-se iniciar o tratamento com uma dose reduzida de 0,5 mL; se houver reação, o tratamento deve ser descontinuado. Se não hou......

Ver Índice

09/06/2016

Revisões

Doença de Chagas

...rgitação. As manifestações se iniciam com disfagia leve que piora progressivamente o tratamento para casos graves é cirúrgico com cardiomiotomia esofágica e outros procedimentos. O megacólon é caracterizado por constipação prolongada e pode dar origem à fecaloma, ao volvo e à isquemia intestinal. A doença de Chagas gastrointestinail é menos frequente do que cardiomiopatia chagásica e é mais comu......

Ver Índice

Página:  de 11

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal